segunda-feira, 10 de julho de 2017

Brasil leva prata e bronze no Mundial de Jovens de Goalball

Brasil leva prata e bronze no Mundial de Jovens de Goalball
Foto: Brasil ficou com a prata na categoria masculina (Crédito: Cleber Mendes/CPB/MPIX)

O Brasil conquistou duas medalhas no Campeonato Mundial de Jovens de Goalball da IBSA, em Budaors, na Hungria. Na final realizada na manhã deste sábado (8), a seleção masculina foi derrotada pelos Estados Unidos por 7 a 3 e ficou com a prata. Já a equipe feminina venceu a disputa do bronze contra a Alemanha pelo placar de 2 a 0 e também garantiu um lugar no pódio.
O vice-campeonato deixou o treinador Alessandro Tosim satisfeito. Para o comandante brasileiro, alguns aspectos precisam ser melhorados, mas fez questão de enaltecer o talento dos atletas, que segundo ele, têm grande futuro.
- Só podemos estar felizes (com a medalha). Hoje a gente vê o quanto os Estados Unidos estão evoluindo. E estão evoluindo porque tem uma seleção permanente, e isso faz com que a equipe cresça. Todo dia treinando juntos, tem um atleta muito diferenciado, foi quem inclusive marcou a maioria dos gols. Precisamos aprender mais, o que acho que seja até um problema do esporte brasileiro, é ser um pouco mais tático dentro de quadra. Coisas que hoje não aconteceram. Foram executadas, mas não aconteceram. E principalmente ações que nós tomamos gols, bolas que foram cantadas. Mas, acontece, os meninos estão de parabéns. São muito talentosos e tenho uma perspectiva muito boa para o futuro com esses meninos – disse o técnico Alessandro Tosim.
No jogo que abriu o último dia de competição, a seleção feminina encarou a Alemanha na disputa da medalha de bronze. E não decepcionou. Vitória de 2 a 0 sobre as alemãs, que deixou o treinador Dailton Freitas com a certeza de que a equipe está no caminho certo.
- Pensamento que estamos no caminho certo para o início do ciclo. E a lição é que uma competição como esta, deixa muitos ensinamentos para estas jovens atletas e também no que devemos melhorar – contou o técnico Dailton Freitas.
O desempenho dos brasileiros é semelhante ao resultado que tiveram quatro anos atrás no Mundial de Jovens disputado em Colorado Springs, nos Estados Unidos. Na ocasião, as meninas ficaram com a prata e os meninos com o bronze.

Fonte: cbdv.org.br

Nenhum comentário: