domingo, 30 de julho de 2017

Juiz pode revogar atestado de óbito de menina declarada com morte cerebral há 3 anos

Jahi McMath está sendo mantida por aparelhos e família acredita que menina está viva

SAÚDE Do R7

Foto: Reprodução/ Daily Mail
Jahi McMath, 13
anos, precisou realizar uma amigdalectomia — cirurgia de remoção das
amígdalas inflamadas — para curar a quadro de apneia do sono. Mas depois de
horas de operação, a menina sofreu um ataque cardíaco e foi declarada pelos médicos com morte cerebral. Agora, após três anos, um juiz da Califórnia, nos Estados Unidos, está decidindo se revoga o
certificado que declarou o óbito da garota. As informações são do jornal britânico Daily
Mail
Jahi McMath, 13 anos, precisou realizar uma amigdalectomia — cirurgia de remoção das amígdalas inflamadas — para curar a quadro de apneia do sono. Mas depois de horas de operação, a menina sofreu um ataque cardíaco e foi declarada pelos médicos com morte cerebral. Agora, após três anos, um juiz da Califórnia, nos Estados Unidos, está decidindo se revoga o certificado que declarou o óbito da garota. As informações são do jornal britânico Daily Mail.

                                    Foto: Reprodução/ Daily Mail
                                         A decisão pode
ser revogada, porque a família de Jahi McMath tem vídeos gravados entre 2014 e
2016 que mostram que a adolescente ainda está viva
A decisão pode ser revogada, porque a família de Jahi McMath tem vídeos gravados entre 2014 e 2016 que mostram que a adolescente ainda está viva

Foto: Reprodução/ Daily Mail
Em 2014, três
médicos pediram ao tribunal a retirada da ventilação mecânica de Jahi. Apesar do
certificado de óbito, a família ganhou o direito de mantê-la com uma máquina de
respiração. 

Os pais de Jahi
chegaram a transferir a menina para Nova Jersey por causa das leis mais
brandas que permitem que o aparelho seja mantido
Em 2014, três médicos pediram ao tribunal a retirada da ventilação mecânica de Jahi. Apesar do certificado de óbito, a família ganhou o direito de mantê-la com uma máquina de respiração. Os pais de Jahi chegaram a transferir a menina para Nova Jersey por causa das leis mais brandas que permitem que o aparelho seja mantido

                                       Foto: Reprodução/ Daily Mail
                                             O advogado da
família, Chris Dolan, argumentou em documentos judiciais arquivados, em 2014, que
a adolescente não está com o cérebro morto e mostrou sinais significativos de
vida.

A família
recusa o diagnóstico e mantém a menina viva, mesmo com os médicos dizendo o
contrário
O advogado da família, Chris Dolan, argumentou em documentos judiciais arquivados, em 2014, que a adolescente não está com o cérebro morto e mostrou sinais significativos de vida. A família recusa o diagnóstico e mantém a menina viva, mesmo com os médicos dizendo o contrário

Foto: Reprodução/ Daily Mail
Segundo o
advogado, as varreduras cerebrais mostram atividade elétrica, e a menina responde
aos comandos verbais da mãe.

Como resultado,
a família está alimentando Jahi com 'nutrientes' que supostamente
mantem o cérebro com a melhor eficiência
Segundo o advogado, as varreduras cerebrais mostram atividade elétrica, e a menina responde aos comandos verbais da mãe. Como resultado, a família está alimentando Jahi com "nutrientes" que supostamente mantem o cérebro com a melhor eficiência

                                Foto: Reprodução/ Keep Jahi McMath on life support
                                     Em entrevista
para o canal ABC 7, o porta-voz do hospital que a menina está internada, Sam
Singer, chamou as tentativas do advogado de dar esperança para a família de “antiética”.  — Essa jovem
está morta. Nenhuma quantidade de alimentos, remédios, máquinas médicas, tempo
ou esperança vai trazê-la de volta
Em entrevista para o canal ABC 7, o porta-voz do hospital que a menina está internada, Sam Singer, chamou as tentativas do advogado de dar esperança para a família de “antiética”.

Essa jovem está morta. Nenhuma quantidade de alimentos, remédios, máquinas médicas, tempo ou esperança vai trazê-la de volta

                            Foto: Reprodução/ Keep Jahi McMath on life support
                               A apneia do
sono é uma doença grave que faz com que os pacientes parem de respirar enquanto
dormindo.

O juiz emitirá
uma decisão nas próximas semanas
A apneia do sono é uma doença grave que faz com que os pacientes parem de respirar enquanto dormindo. O juiz emitirá uma decisão nas próximas semanas



Nenhum comentário: