sábado, 22 de julho de 2017

Petrúcio e Yohansson lutam por novo pódio duplo neste sábado, 22; Confira a programação

Por CPB

Imagem

A final dos 200m T47 é o grande destaque deste sábado dos brasileiros no Mundial de Atletismo Paralímpico, em Londres. A partir das 15h40 (de Brasília), Yohansson Nascimento e Petrúcio Ferreira são favoritos a um novo pódio duplo brasileiro. Yohansson passou com 22s43 e chega com o terceiro melhor tempo à decisão. Já Petrúcio correu tranquilo para alcançar a final com a melhor marca (22s17). Entre os dois brasileiros está o americano Tanner Wright, com 22s31. O polonês Michal Derus, grande rival da dupla nacional na prova, alcançou o quarto melhor tempo (22s51).

Outro que pode chegar regressar ao pódio londrino é o goiano radicado em Uberlândia, Rodrigo Parreira. O atleta da classe T36 (paralisado cerebral) já acumula na bagagem o bronze nos 200m e a prata no salto em distância. Agora luta pelo pódio nos 100m, na qual é o atual medalhista de bronze dos Jogos Paralímpicos do Rio 2016. A eliminatória começa às 8h20 (de Brasília) e a final, caso Parreira avance, será às 16h10.

Já o primeiro brasileiro a sagrar-se campeão no Mundial de Atletismo Paralímpico, Thiago Paulino, no arremesso de peso, no sexta-feira anterior, dia 14, faz sua última apresentação na competição, agora no lançamento de disco, do qual é o recordista mundial. Em abril, durante o Open Internacional Loterias Caixa, no Centro de Treinamento Paralimpico, em São Paulo, ele registrou 48,04m. É com este status, dono da melhor marca da prova na competição, que ele busca se despedir do Mundial com mais uma medalha de ouro.

Confira, abaixo, a programação completa dos brasileiros neste sábado, 22
8h30 - Rodrigo Parreira (semifinal dos 100m T36)
15h06 - Thiago Paulino (final do lançamento de disco F57)
15h40 - Yohansson Nascimento e Petrúcio Ferreira (final dos 200m T47)
16h10 - Rodrigo Parreira (final dos 100m T36) - caso avance
*Horário de Brasília

Esta é a oitava edição do Mundial de Atletismo Paralímpico. Cerca de 1.300 atletas de 100 países disputam as 213 medalhas, todas no Estádio Olímpico de Londres. Em 2015, em Doha, no Catar, o Brasil ficou com a sétima colocação no quadro geral de medalhas do evento. Foram oito medalhas de ouro, 14 de prata e mais 13 de bronze.

Acompanhe a transmissão ao vivo pelo Facebook (facebook.com/comiteparalimpico), e a cobertura nos perfis no Twitter (@cpboficial) e no Instagram (ocpboficial)

Patrocínio
A equipe brasileira de paratletismo tem patrocínio das Loterias da Caixa e da Braskem.

Time São Paulo
O atleta Yohansson Nascimento é integrante do Time São Paulo, parceria entre o CPB e a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo que beneficia 56 atletas e nove atletas-guia de 10 modalidades.

Fonte: cpb.org.br

Nenhum comentário: