sábado, 15 de julho de 2017

Prefeitura do Rio promove cerimônia de posse da Comissão Permanente de Acessibilidade – CPA

Image may contain: 6 people, people smiling, people sitting, table and indoor
Membros da Comissão Permanente de Acessibilidade assinam termo de posse.

A Prefeitura do Rio de Janeiro, representada pela Subsecretaria da Pessoa com Deficiência (SUBPD), realizou, na terça-feira (11), a cerimônia de posse dos membros que compõem a Comissão Permanente de Acessibilidade – CPA. Os 32 integrantes que fazem parte do quadro da CPA têm a função de relatar e opinar sobre assuntos referentes à acessibilidade, integrar grupos de trabalho para tarefas específicas, sugerir o assessoramento de técnicos especializados e buscar medidas necessárias para estudos relacionados às atribuições da CPA.

A CPA será coordenada pela subsecretaria da Pessoa com Deficiência, e desenvolverá políticas de acessibilidade, considerando que atuará de forma transversal em diversas áreas, promovendo permanente debate com as políticas públicas setoriais da Prefeitura, bem como com outros órgãos e instituições da sociedade civil.

Segundo Ana Lúcia Peixoto, presidente da Comissão Permanente de Acessibilidade, “a reformulação da CPA foi muito sonhada, temos a ideia de fazer a diferença tornando a cidade eficiente para o cidadão. Nesse início já temos como projeto a reavaliação dos trâmites internos da prefeitura com relação à formulação de calçadas, fiscalização e aprovação de projetos acessíveis e produção de laudos de acessibilidade. Ainda para esse ano temos o objetivo de formular os selos para acessibilidade”.

A cerimônia de posse contou com a presença do subsecretário da Pessoa com Deficiência, Geraldo Nogueira, que deu início ao evento, do deputado estadual, Márcio Pacheco, do advogado e membro da Comissão da Pessoa com Deficiência da Alerj, Charles de Souza, do presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência da OAB-RJ,Luís Claudio Freitas e da arquiteta e coordenadora do Núcleo Pró-acesso da UFRJ, que também é membro da CPA, Regina Cohen.

“A CPA é instrumento fundamental para a gestão pública, que deseja proporcionar mobilidade urbana com qualidade e conforto. Sua composição técnica, público-privada, legitima suas avaliações e pareceres sobre a acessibilidade dentro do conceito de desenho universal, permitindo maior acerto na concepção das edificações, transportes, vias e espaços públicos. Assim, a CPA também é o caminho para melhor gestão das políticas públicas de nossa cidade”, explicou Geraldo Nogueira.

Click AQUI para ver os nomes dos Membros da CPA:

Nenhum comentário: