sábado, 29 de julho de 2017

Rede social reúne pessoas com deficiência, parentes e cuidadores para troca de informações

do BOL, em São Paulo

iStock
Site permite troca de experiências entre parentes e pessoas com deficiência
Site permite troca de experiências entre parentes e pessoas com deficiência

Criada no Brasil, a rede social D+eficiência procura conectar pessoas com deficiência, familiares, profissionais médicos e cuidadores para compartilhar informações e relatos, procurando melhorar a qualidade de vida dos portadores de deficiência e as pessoas ao seu redor.

O site é criação da professora Fabiana Faleiros Santana Castro, da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto (EERP-USP), que defendeu a ideia em uma tese de doutorado na Alemanha, em 2012.A ideia tomou forma quando a EERP fechou uma parceria com a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), a Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa), a Universidade Federal do Pará (UFPA) e a Universidade de Dortmund, no país europeu.

O D+eficiência funciona de maneira semelhante a outras redes sociais, com compartilhamento de páginas, fotos e vídeos. O diferencial, segundo seus responsáveis, fotos e vídeos. O diferencial, segundo seus responsáveis, é que os conteúdos são supervisionados por profissionais de saúde, procurando compartilhar conhecimento cientificamente válido.

Além disso, Fabiana espera que, ao funcionar como rede social ao invés de um fórum de discussões online, o D+eficiência ofereça uma experiência de uso mais interessante e dinâmica.

Para participar do D+eficiência, basta fazer um cadastro no site:  http://demaiseficiencia.com/

Fonte: noticias.bol.uol.com.br- (Com informações do Jornal da USP).

Nenhum comentário: