sábado, 22 de julho de 2017

Segunda edição dos Jogos Paralímpicos Universitários começa na próxima semana, em São Paulo

Por CPB

Imagem

São Paulo receberá, na próxima semana, a segunda edição dos Jogos Paralímpicos Universitários. Ao todo, serão 200 atletas representando universidades de 20 estados e o Distrito Federal e disputando medalhas em seis modalidades (atletismo, bocha, judô, natação, parabadminton e tênis de mesa). A competição será disputada nos dias 28 e 29 deste mês no Centro de Treinamento Paralímpico, na capital paulista.

O evento é organizado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), em parceria com a Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU), e é mais uma iniciativa que tem como objetivo fortalecer o paradesporto brasileiro.

"O Universitário será mais um degrau para esse aperfeiçoamento do atleta. Notamos que havia um hiato muito grande entre o esporte escolar e o alto rendimento. Alguns chegavam a interromprer treinos para estudar e outros faziam o caminho contrário: deixavam a universidade de lado pelo esporte. Então essa competição será uma forma de unir as duas coisas. Acredito que vai incentivar universidades a manterem a prática esportiva para seus estudantes com alguma deficiência e, no fim das contas, o esporte paralímpico brasileiro terá uma evolução mais clara, sem pular etapas", explicou Ivaldo Brandão, vice-presidente do CPB.

A opinião é compartilhada com o presidente da CBDU, Luciano Cabral. "O CPB é um Comitê que está devidamente estruturado, que acabou de sair dos Jogos Paralímpicos, enquanto a CBDU tem toda a estrutura voltada ao ambiente esportivo universitário. Então temos certeza que iremos oferecer aos paradesportistas universitários do Brasil uma plataforma onde eles possam praticar seus esportes e desenvolver sua performance esportiva", acrescentou.

Nos dois dias de disputa, os três melhores atletas de cada prova receberão medalhas por sua performance. Ao fim da competição, as melhores universidades do evento receberão troféus nas categorias masculino geral e feminino geral (três premiados por categoria).

Fonte: cpb.org.br

Nenhum comentário: