sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Essa bebezinha com hidrocefalia foi encontrada no lixo, hoje, 3 anos depois ela está se recuperando e passa bem

Há 3 anos, quando Sarah Conque (28) ainda estava na faculdade, decidiu fazer um intercâmbio voluntário no Haiti, para ajudar crianças com deficiência em uma clínica local. Ela não fazia ideia que essa viagem iria mudar (tanto!) sua vida.


Um dia, enquanto trabalhava, uma mulher entrou com um bebê de 3 meses no colo, escondendo-o com um cobertor. O bebê era a pequena Nika, que nasceu com hidrocefalia. A hidrocefalia é uma doença que gera acúmulo de líquido no interior da cavidade craniana, fazendo com que a cabeça inche.

De acordo com Sarah, a mãe biológica de Nika estava mais preocupada em esconder a criança, por conta da vergonha de aparecer em público com aquela ‘aberração’, do que com a saúde da própria filha.


A jovem estadunidense não conseguia parar de pensar na cena que havia presenciado, e ficou preocupada com o sumiço das duas, que nunca mais apareceram no hospital. Por isso, decidiu ir pessoalmente à casa onde, teoricamente, moravam.

O susto foi grande quando Sarah chegou no endereço dado pela mãe da criança. Um pequeno barracão caindo aos pedaços, muito longe de poder ser chamado de ‘casa’. Pior que isso, ao entrar encontrou a bebezinha em cima de um saco de arroz velho e sujo, no meio do lixo.


Imediatamente a jovem levou Nika para a clínica onde trabalhava. Por causa da extrema subnutrição, os médicos afirmaram que a bebê corria sérios riscos de vida, seus órgãos internos estavam comprometidos, quase parando de funcionar. Isso, sem contar os riscos que já corria por conta da hidrocefalia que, geralmente, tira a vida da criança ainda no primeiro ano de vida. Tudo indicava que apenas um milagre poderia salvá-la.

Sarah não podia suportar toda aquela situação e conversou com a mãe biológica de Nika para lhe pedir a guarda da criança, que foi dada. Alguns meses depois, Nika foi para os Estados Unidos, para uma nova vida.

Três anos depois, Nika está bem, com a mãe Sarah e o pai Stephen. Está recebendo tratamento para a hidrocefalia e já foi submetida a algumas cirurgias, fazendo com que o tamanho de seu crânio diminuísse.

Confira algumas fotos de Nika atualmente:

  

          

             


Então pessoal, o que acharam da história dessa linda menininha que superou obstáculos e luta todos os dias para conquistar ainda mais seu lugar no mundo? Com certeza precisamos de mais pessoas como Sarah, com todo esse amor e compaixão pelo próximo. Façamos dessa uma história de inspiração e esperamos que ela possa tocar o coração de todos. Encontraram algum erro na matéria? Ficaram com dúvidas? Possuem sugestões? Não se esqueçam de comentar com a gente!

Nenhum comentário: