quinta-feira, 12 de abril de 2018

Seleção de vôlei sentado se adapta a mudanças de classificação para Mundial

Imagem

Por CPB

O Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, recebe esta semana, entre 9 e 15 de abril, as Seleções Brasileiras feminina e masculina de vôlei sentado. Focados no Campeonato Mundial na Holanda, que acontece de 15 a 22 de julho, os times estão em fase de preparação e adaptação às mudanças nas regras de classificação funcional adotadas a partir do último ano.

“Todos tiveram de passar por uma classificação, inclusive os amputados. As alterações fizeram com que a gente perdesse atletas na equipe masculina, já outros mudaram de classe, passando a ser da categoria com mínima deficiência ", explica Célio Mediato, técnico da Seleção masculina desde o final de 2017. O treinador já esteve no comando da equipe anteriormente, em 2009 e 2010. Em 2011 e 2012, também liderou o time feminino, inclusive durante os Jogos Paralímpicos de Londres 2012.

Desta vez, os desafios são outros, pois as modificações na classificação trouxeram certo prejuízo para a equipe, apesar de serem coerentes e corrigirem pontos necessários, segundo Célio. “Para aquela pessoa que assiste de fora e que não conhece o esporte, é estranho quando todo mundo levanta para comemorar o ponto, por exemplo. Acho que as regras estão certas em alguns quesitos, mas ainda existem adaptações que precisam ser feitas”, explica.

A Seleção masculina, hoje em 2º lugar no ranking mundial da modalidade, já pode se classificar para os Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020 se chegar à final da competição em julho. Caso seja eliminada antes, terá outra oportunidade no Jogos Parapan-americanos de Lima 2019. Nos Jogos Paralímpicos Rio 2016, O Brasil perdeu a disputa de terceiro lugar para o Egito, terminando em 4º.

Neste ano, o time ainda terá outras três fases de treinamento no CT Paralímpico, programadas para maio, junho e julho, momento que antecede o Mundial.

Fonte: cpb.org.br

Nenhum comentário: