sábado, 11 de agosto de 2018

Pessoas com deficiência visual ganham mais autonomia para andar de ônibus em Campo Grande

Aplicativo que ajuda na locomoção de pessoas com deficiência visual inicialmente estará disponível para 523 usuários em Campo Grande.

Foto: Divulgação/PMCG
O funcionamento do aplicativo para pessoas portadoras de deficiência visual

por Luana Biral

Segundo levantamento do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), no Brasil existem cerca de 45 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência e dessas 40% possuem deficiência visual.

Esse grupo precisa de algumas adaptações para que possam andar na cidades com autonomia e pegar ônibus acaba sendo uma barreira.Sempre que estão no ponto precisam pedir ajuda para outras pessoas, questionando qual ônibus está chegando. Dentro dos ônibus precisam que alguém informe quando é hora de desembarcar.

Em razão da dificuldade, a Agência Municipal de Tecnologia da Informação e Inovação (Agetec) desenvolveu um aplicativo que auxilia na locomoção desse grupo.

Inicialmente, o aplicativo á disponibilizado para 523 usuários. Esse número corresponde aos beneficiários cadastrados no Consórcio Guaicurus e que têm direito à passagem gratuita.

Ele passou por um período de testes desde o mês de março e os responsáveis por verificarem as suas funcionalidades foram os próprios usuários. Porém, a quantidade de pessoas com deficiência visual no município é bem maior, segundo o instituto OIsmac e a Advms (Associação dos Deficientes Visuais de Mato Grosso do Sul), são mais de 1,6 mil pessoas com essa deficiência na cidade.

Será preciso instalar o aplicativo no smartphone para ter acesso a todos os seus recursos. Quando a pessoa estiver no ponto de ônibus aguardando, poderá informar qual linha deseja pegar e a sua exata localização. Ao fazer isso é enviada uma notificação para um tablet que fica junto ao motorista do ônibus, informando o local desse passageiro. Dessa forma o motorista saberá qual ponto precisa parar e embarcar o deficiente visual para que ele possa seguir o seu caminho.

Já dentro do ônibus não será preciso depender de outros passageiros para desembarcar no destino desejado. O aplicativo informa por áudio quais são os pontos que estão próximos, facilitando que ele chegue ao seu destino sem preocupações.

Inicialmente, o aplicativo está disponível para 189 linhas e só para quem for cadastrado. Para que toda a população tome ciência do app estão sendo realizadas campanhas nos terminais e dentro dos ônibus.

O desenvolvimento do aplicativo

O aplicativo para pessoas com deficiência visual poderem andar de ônibus com mais autonomia foi desenvolvido pela Agência Municipal de Tecnologia da Informação e Inovação (Agetec) em parceria com a Prefeitura, Consórcio Guaicurus, Ismac, Advms e Ministério Público Estadual.

Ele levou 8 meses para ser finalizado, prazo considerado aceitável, uma vez que a população já esperava por algo assim há anos. Em 2012 havia sido anunciado um projeto parecido, apesar de um pouco mais simples. Ele gerou grande expectativa na população, mas não saiu do papel. O app “Todos no ônibus” foi desenvolvido com pontos indicados pelos próprios usuários de ônibus a fim de garantir a mobilidade urbana.

No país ainda não se tem notícia de um aplicativo que seja tão completo e que seja funcional, sendo ele pioneiro. A intenção é que, após passada essa fase inicial, ele possa ser mais completo, atendendo a outros tipos de deficiência.

Nenhum comentário: