quarta-feira, 16 de abril de 2008

Doutora Linamara assume
SECRETARIA ESTADUAL DE DIREITOS DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA
Médica é a primeira Secretária que assume o cargo

Maria Isabel da Silva
Uma trajetória de mais de 30 anos de intensiva dedicação às pessoas com deficiência credenciaram a médica fisiatra, Diretora Executiva da Divisão de Medicina de Reabilitação do Hospital das Clínicas e professora da Faculdade de Medicina da USP, Doutora Linamara Rizzo Battistella, a ser indicada pelo governador do Estado de São Paulo, José Serra, a ser a primeira Secretária a assumir a Secretaria Estadual de Direitos da Pessoa com Deficiência, aprovada com unanimidade por 71 parlamentares da Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo, em votação aberta, no dia 26 de fevereiro de 2008।

À frente da Secretaria, Doutora Linamara pretende contar com ampla participação das próprias pessoas com deficiência, por meio do Conselho Estadual para Assuntos das Pessoas Portadoras de Deficiência - CEAPPD, com o qual pretende implementar e sedimentar ações que visem o protagonismo, a cidadania e a inclusão social das pessoas com deficiência।

Estudiosa e defensora das questões que envolvem as pessoas com deficiência, em todas as áreas: Saúde, Educação, Assistência Social, Transporte, Trabalho, Esporte, Lazer e Acessibilidade, a nova Secretária possui centenas de artigos publicados e atua defendendo os direitos e a inclusão social das pessoas com deficiência, por meio de seus conhecimentos técnico-científicos e ativa militância।

Participou ativamente da elaboração da Constituição Brasileira, em 1988, tendo participado da coordenação de 11 Encontros abordando "O Deficiente e a Constituinte", em vários municípios distribuídos por todo o Estado de São Paulo, reunindo representantes da sociedade। O resultado dos encontros gerou subsídio concreto e foi efetivamente considerado na construção da Carta Magna Brasileira.

Em 1981, foi presidente da Comissão para Estímulo ao Ano Internacional da Pessoa Deficiente (AIPD) criada e organizada pelo Hospital das Clínicas (SP) e composta por representantes de todos os Institutos। Essa Comissão traçou as diretrizes que passaram a nortear a prática e a filosofia da Medicina de Reabilitação dentro do Complexo do Hospital das Clínicas, da Faculdade de Medicina da USP, nos anos que se seguiram, destacando a questão da acessibilidade, enfatizando e combatendo as barreiras visíveis (arquitetônicas e ambientais) e invisíveis (atitudinais - preconceito e discriminação).

A partir de 1982, participou ativamente da criação do Conselho Estadual para Assuntos do Portador de Deficiência do Estado de São Paulo (CEAPPD), órgão paritário voltado para a defesa e promoção da cidadania das pessoas com deficiência। Disponibilizou, inclusive, a DMR HC FMUSP para sediar o Conselho, no terceiro mandato, quando não havia sido oficializada a posse dos conselheiros eleitos e, assim, pela falta de sede, o CEAPPD contou com o endereço da DMR. Com este episódio, o CEAPPD, com o irrestrito apoio da Doutora Linamara, sedimentou sua força, autonomia e independência do apoio governamental, que viria depois.

Desde então, Doutora Linamara colabora, em instâncias estaduais e federais, na concretização de políticas públicas voltadas para as pessoas com deficiência. Atualmente é uma das principais apoiadoras do CEAPPD, envidando esforços pessoais para que o Conselho exerça sua legitimidade e alcance amplamente os resultados de inclusão social das pessoas com deficiência.

Nenhum comentário: