quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Roupa robótica para deficientes será alugada no Japão

A firma japonesa Cyberdyne anunciou que começará a produção em massa de sua roupa robótica HAL, que será alugada para o público interessado no país.
Apesar de o nome ser o mesmo do computador inteligente e voluntarioso do filme "2001: Uma Odisséia no Espaço", o nome HAL neste caso é acrônimo de "hybrid assistive limb", ou "membro auxiliar híbrido", na tradução literal.

Segundo o site TechRadar, a roupa identificará sinais cerebrais de movimento e auxiliará seu usuário na movimentação, o que beneficiará deficientes físicos e idosos com problemas de mobilidade. A Cyberdyne afirmou que HAL será vendido nos modelos pequeno, médio e grande, e trará um computador à bateria anexado à cintura do usuário e que operará os membros mecânicos.

O aluguel mensal da roupa custará 150 mil ienes, o equivalente a US$ 1.500, conforme noticiou o site China Daily. A roupa também deve chegar em breve ao mercado europeu, mas ainda não tem previsão de exportação para outros países.

A empresa parece gostar de nomes cinematográficos. Além do nome do produto, a própria empresa remete à Cyberdyne Systems, do filme O Exterminador do Futuro.

HAL apareceu na mídia pela primeira vez em abril de 2006, quando dois japoneses portadores de deficiência física seriam carregados por outros escaladores utilizando as vestimentas em uma expedição pela montanha de Breithorn, de mais de 4 mil metros, nos Alpes suíços

Nenhum comentário: