quarta-feira, 24 de março de 2010

Clínica oferece tratamento gratuito para pacientes com afasia

O seviço é oferecido na Tijuca. Os agendamentos podem ser feitos até 31 de março.


Anna Beatriz Cunha
A afasia, problema comum a vítimas de acidentes vasculares cerebrais, traumatismo crânio-encefálico e pessoas com tumores, fungos e bactérias no cérebro, é um distúrbio da linguagem oral e escrita. Pacientes afásicos têm dificuldade ou incapacidade de expressar pensamentos, embora suas mentes consigam organizá-los de forma correta. Como consequência, problemas de comunicação que acabam afetando o trabalho e o convívio social. A cada três anos a Clínica de Fonoaudiologia do Centro de Saúde Veiga de Almeida (CSVA) promove o tratamento e realiza pesquisas com portadores deste sintoma.

O trabalho é desenvolvido no Centro de Recuperação de Pacientes Afásicos, criado em 2005, e que já atendeu mais de 100 pessoas. Para participar do novo grupo de tratamento é só fazer a inscrição entre os dias 22 e 31 de março. Solange Iglesias, diretora da clínica, informa que nestes dias serão agendadas e realizadas as avaliações. Para participar, os interessados devem telefonar para (21) 2574-8844 ou 2574-8832, estando com identidade e CPF em mãos para marcar a avaliação. O serviço é gratuito, mas a direção da clínica pede que os participantes façam doações de suco concentrado, geléia de mocotó, leite em pó integral ou fralda geriátrica. O material arrecadado será repassado a Ação Cristã Vicente Moretti, que habilita e reabilita pessoas carentes portadoras de necessidades especiais.


Tratamento

De acordo com a diretora da clínica de fonoaudiologia, o tratamento de um afásico dura de 1 a 2 anos. "Dependendo da lesão, é possível que o paciente tenha 100% de melhora. Consideramos um caso de recuperação total as pessoas que voltam a trabalhar e conseguem se comunicar de forma independente, mas vale ressaltar que o retorno da comunicação com autonomia depende de vários fatores como, idade, tempo da lesão, áreas cerebrais comprometidas", explica.

Solange informa ainda que diversas pesquisas são feitas a partir do trabalho realizado na clínica. Um exemplo é o CD-Room, que traz métodos para trabalhar com pacientes afásicos (pode ser adquirido ao custo de R$ 20,00). "Na clínica é aplicada uma terapia de base linguística, fundamentada na teoria gerativa, ou seja, buscamos identificar o problema linguístico e reestruturá-lo utilizando uma técnica gramatical", explica. O CD-room pode ser solicitado por profissionais que atuam com esses pacientes ou por alunos de fonoaudiologia e letras através do e-mail fono@uva.br ou na própria Clínica de Fonoaudiologia. "Nosso trabalho também vem sendo objeto de projetos de iniciação científica e dissertações de mestrado", revela.


Serviço
O que? Agendamento para tratamento gratuito de Pacientes Afasíacos
Quando? De 22 de março a 31 de março, de segunda a quinta-feira, das 14h às 18h.
Como? Pelos telefones (21) 2574-8844 ou 2574-8832
Onde? Clínica de Fonoaudiologia do Centro de Saúde Veiga de Almeida, Rua Ibituruna, 108,casa 09, Tijuca.



Segs
Rio de Janeiro, 23/03/2010

Matéria postada no blog da APNEN: 24/03/2010

Nenhum comentário: