quinta-feira, 8 de julho de 2010

Começa a reforma das calçadas da avenida Liberdade

Novo piso reforça a característica oriental do bairro na região central de São Paulo. Além disso, deve tornar o piso mais acessível para pessoas com deficiência.
A avenida Liberdade, em São Paulo, vai passar por uma reforma para ganhar calçadas seguras e acessíveis, entre as ruas Álvares Machado e Pedroso. A Subprefeitura Sé começou a troca do piso em toda a extensão da via, que receberá concreto moldado e ladrilho hidráulico em 8.630 m², ao longo de 1,2 km.

O diferencial nesta obra é a utilização do ladrilho hidráulico, o Samurai, que remete à característica do bairro oriental. O novo piso da avenida conta com faixas de serviço e livre. A de serviços - que se destina à colocação de árvores, rampas de acesso, poste de iluminação, sinalização de trânsito e mobiliário urbano - será toda em ladrilho. Já a faixa livre, localizada do lado interno da calçada, é exclusiva aos pedestres e será de concreto, com detalhes em ladrilho Samurai. A obra também vai privilegiar a acessibilidade. A Subprefeitura vai colocar rampas e piso podotátil em todo o percurso.

"É fundamental que o poder público cuide do piso destas vias conhecidas como estruturais, por onde circulam muitas pessoas e existe um fluxo grande de transporte público. Mas para que a cidade fique totalmente adequada, cada cidadão tem que cuidar da manutenção e limpeza de sua calçada", explica o subprefeito da Sé, Nevoral Bucheroni.

A previsão é de que a obra seja concluída em 6 meses e o custo será de R$ 1,18 milhão.

Cidade acessível

Nos últimos cinco anos, foram feitos mais de 178 mil m² de calçadas na região central. Vias importantes como a Avenida Paulista e Doutor Arnaldo, tornaram-se seguras para a circulação de pedestres. A Secretaria de Coordenação das Subprefeituras ainda está com outros dois novos projetos de calçadas: no bairro do Limão (subprefeitura Casa Verde, zona Norte) terá 20 km de "calçadas verdes", ou seja, com introdução de faixas de grama de 60 cm, facilitando, assim, o escoamento das águas de chuva; e ao redor do Memorial da América Latina, todo o piso do passeio da avenida Auro Soares de Moura Andrade será trocado com projeto do "Passeio Livre".

Fonte: http://www.vidamaislivre.com.br/noticias/noticia.php?id=1438&/comeca_a_reforma_das_calcadas_da_avenida_liberdade
08 de julho de 2010
Matéria postada no blog da APNEN: 08/07/2010

Nenhum comentário: