quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Cadeira de rodas em escolas públicas

"Em todo o país, o deslocamento de deficientes físicos e de pessoas temporariamente impossibilitadas de caminhar tornou-se mais adequado, mas continua sendo um problema em alguns estabelecimentos", afirma o deputado Gilmaci Santos, líder do PRB, que, objetivando a melhora na qualidade de vida dessas pessoas, apresentou o Projeto de Lei 665/2008, que autoriza o Poder Executivo a disponibilizar pelo menos uma cadeira de rodas em cada instituição de ensino público no âmbito do Estado.

O objetivo do PL é facilitar o deslocamento de deficientes físicos ou de pessoas que estejam temporariamente impossibilitadas de se locomoverem, nas dependências das instituições de ensino público do Estado. O projeto prevê também que todas as escolas públicas disponham de dependências e instalações adequadas para garantir a loco­moção destas pessoas.

Segundo o deputado, a ideia também é garantir o acesso dos eleitores aos locais de votação para que eles então exerçam sua cidadania. "O direito de votar e de estudar com dignida­de é di­­reito do ci­­dadão e não pode ser reti­rado dessas pessoas", afirma Gilmaci Santos. O projeto já recebeu parecer favorável da Comissão de Constituição e Justiça e da Comissão de Educação.

gilmacisantos@al.sp.gov.br

Autor: Da assessoria do deputado Gilmaci Santos

Fonte: Jus Brasil (24/11/2010) (www.deficienteciente.com.br)

APNEN, colaborando na divulgação desta matéria: 25/11/2010

Nenhum comentário: