terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Vergonha de sair de casa

Vergonha de sair de casa é um problema que quase todo cadeirante passa. E isso impede a grande maioria de levar uma vida normal e se divertir. Causa depressão e baixa a auto estima. Mas porque os cadeirantes tem tanta vergonha de sair na rua?

Tudo bem que chegar em qualquer lugar em uma cadeira de rodas não é a coisa mais normal nem bonita do mundo. Mas também não é nenhum bicho de sete cabeças, é só um cara que já trouxe sua cadeira (pra um lugar que geralmente todo mundo está sentado). Creio que o maior problema são os olhares das outras pessoas. Aquela cara de quem parece que está vendo um alienígena. Ou cara de pena. Ou pior, a cara de reprovação, como quem diz "o que que essa pessoa está fazendo aqui? Não deveria ficar em casa?" Preconceito é complicado, mas pior que ele é o auto preconceito.
Se o problema são os outros, a solução está dentro da gente. Depende da gente ligar ou não pro olhar das pessoas. E a forma como você encara a situação, como se comporta, pode mudar completamente o olhar das pessoas. Ou melhor, a visão.
Eu sempre encarei numa boa essa situação, nunca liguei pra opinião dos outros. O que importa mesmo é que eu me sinta bem. E quando saio na rua de cadeira de rodas eu sinto orgulho. Orgulho por mostrar que sou capaz. De me divertir, viajar, saborear, beber e fazer quase tudo o que todo mundo faz.
Mas afinal, porque todo mundo olha? Porque estão vendo um problema que você tem, e ficam se questionando uma série de coisas. Mas o fato é que todo mundo tem problemas. Um tem dívidas, outro está acima do peso, outro perdeu o emprego, outro perdeu a mulher... Portanto, se você é cadeirante e tem vergonha, são dois problemas. Deixe que a cadeira seja o único e mostre ao mundo que você ainda tem muitos motivos pra curtir a vida e se divertir. E ser feliz.

Fonte: http://blogdocadeirante.blogspot.com/2011/01/vergonha-de-sair-de-casa.html 03/01/2011

APNEN, colaborando na divulgação desta metéria: 04/12/2011

Nenhum comentário: