sábado, 19 de março de 2011

Formulário do 1º Censo das Pessoas Com Deficiência de Nova Odessa começa a ser distribuído pela Coden

Mirela Leme

Parceira no projeto, a Coden (Companhia de Desenvolvimento) de Nova Odessa deu início nesta sexta-feira, 18 de março, à distribuição de casa em casa dos 16 mil formulários do 1º Censo das Pessoas Com Deficiência de Nova Odessa. Os formulários estão sendo entregues junto às contas de água com vencimento no mês de abril.

O Censo é uma iniciativa do Conselho Municipal de Direitos da Pessoa Portadora de Necessidades Especiais de Nova Odessa, que recebe o apoio da Prefeitura e de entidades da cidade, além da Coden.

O objetivo é levantar quantos são os novaodessenses com deficiência, onde eles moram, estudam e qual suas necessidades, para que possam sugerir à Prefeitura políticas públicas específicas a esta população. As informações são sigilosas e vão servir, por exemplo, ao Setor de Promoção Social, à Coordenadoria Municipal de Educação e à Secretaria de Saúde, na elaboração de políticos públicas.

Os membros do Conselho Municipal também já iniciaram a distribuição das 56 urnas nas quais a população poderá entregar o formulário preenchido. As urnas estão espalhadas em 23 bairros da cidade, e todos os pontos de recepção estão listados no verso do próprio formulário do Censo.

Portanto, a partir desta sexta-feira, todas as famílias da cidade, principalmente aqueles que possuem um integrante deficiente em sua residência, deverá preencher o formulário, cujas informações são bastante simples e sigilosas, e depois entregar o material até o dia 3 de maio nos pontos de coleta, que incluem escolas municipais, estaduais e particulares, as UBSs (Unidades Básicas de Saúde), a própria Coden, supermercados, etc.

O início da distribuição dos formulários foi motivo de comemoração do presidente do Conselho. “Acredito que a realização de um Censo específico para os deficientes era algo que todos que trabalham com atendimento a eles almejavam. Estou muito feliz por ser o presidente do Conselho neste momento em que estamos realizando esta meta. Este é apenas uma primeira ação para que, a partir dela, possamos conseguir desempenhar nosso papel com clareza e eleger prioridades no atendimento a estas pessoas, em toda a cidade”, comentou Renato Raugust.

“É uma satisfação que este Censo esteja começando. Agora, queremos pedir à comunidade que colabore e responda aos questionamentos e entregue o formulário em um dos postos de coleta até o dia 3 de maio. Além das famílias que possuem deficientes em casa, também pedimos que quem não tem deficientes em casa também responda ao formulário, para que, após o levantamento, consigamos enumerar o quanto da cidade conseguimos atingir”, diagnosticou o membro do Conselho Municipal e da Apnen, Carlos Raugust.

Além da Prefeitura, Conselho e Coden, a pesquisa terá apoio das entidades Apae (Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais), Apnen (Associação dos Portadores de Necessidades Especiais de Nova Odessa) e Apadano (Associação de Pais e Amigos dos Deficientes Auditivos de Nova Odessa). O formulário foi produzido pela Prefeitura, através dos setores de Promoção Social e Comunicação. As urnas também foram cedidas pela Prefeitura de Nova Odessa, enquanto os cartazes de identificação das urnas foram doados pela Apnen.

Fonte: http://www.novaodessa.sp.gov.br/NoticiasConteudo.aspx?IDNoticia=9801

APNEN,colaborando na divulgação desta matéria: 19/03/2011

Nenhum comentário: