sábado, 19 de março de 2011

História de superação do amputado Oscar Pistorius

Oscar Pistorius é o “rei da mídia” no Mundial Paraolímpico.
da Redação

Oscar Pistorius, nasceu na África do Sul em 1986. É um atleta paraolímpico conhecido como “Blade Runner” (corredor lâmina) por não ter as 2 pernas e usar próteses finas feitas de fibra de carbono. Aos 11 meses, ele teve as duas pernas amputadas na altura do joelho após decisão dos médicos (Imagem ao lado: Oscar Pistorius convidado por Thierry Mugler para a recente campanha da colônia A*Men).

A sua participação nos Jogos Olímpicos de Verão de 2008 foi rejeitada pelo Comité Olímpico Internacional por se considerar que as suas próteses lhe conferiam vantagem sobre os demais atletas. O atleta recorreu da decisão, e em Maio de 2008 o Tribunal de Arbitragem Desportiva (TAD) autorizou-o a competir nos Jogos Olímpicos de Pequim. Para correr na prova de 400 metros deverá obter a marca mínima que lhe exige a FInternacional de Atletismoederação , mas poderá ser seleccionado para a prova de 4×400 estafetas independentemente do seu tempo.

Como forma de retribuir o sucesso nas pistas, Pistorius fez uma parceria com o empresário Mike Hendrick para apoiar a Fundação Mineseeker, que colabora com pessoas que foram amputadas ao se ferirem em minas na África. O apoio consiste na instalação de clínicas móveis em áreas remotas, tratamento e novas próteses.

No lado financeiro, Pistorius também não pode reclamar. O sul-africano é um dos atletas mais populares do seu país e tem como principais patrocinadores empresas gigantescas como Oakley e Volvo.

Fonte: Deficiente Ciente - 18/03/2011 - Imagem Internet

APNEN,colaborando na divulgação desta matéria: 19/03/2011

Nenhum comentário: