quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Delegado que agrediu cadeirante vai prestar serviços comunitários


APNEN, colaborando na divulgação desta matéria: 17/08/2011
RODRIGO VIZEU  - DE SÃO PAULO do Folha.com

O delegado da Polícia Civil Damasio Marino, que agrediu um cadeirante em uma discussão em São José dos Campos (91 km de São Paulo), em janeiro, foi condenado nesta terça-feira a uma pena de três meses de detenção, em regime aberto, por lesão corporal. O juiz Carlos Gutemberg de Santis Cunha, da 4ª Vara Criminal de São José dos Campos, converteu a pena em prestação de serviços comunitários.
Delegado que agrediu cadeirante em SP é transferido de delegacia
Justiça aceita denúncia contra delegado que agrediu cadeirante
Damasio poderá recorrer em liberdade. A defesa do delegado não atendeu às ligações da reportagem.
O juiz decidiu absolver Damasio dos crimes de injúria e ameaça. O magistrado também considerou que não houve abuso de poder, como havia afirmado a Promotoria. Com isso, foi descartado tirar o cargo do delegado.
A agressão ocorreu após o delegado estacionar na vaga reservada a pessoas com deficiência, levando o advogado cadeirante Anatole Morandini a tirar satisfações. Umexame mostrou lesão por objeto contundente na cabeça do cadeirante.
Em depoimento no fim de junho, Marino negou ter dado coronhadas em Morandini, como diz a vítima. O advogado do delegado disse que só deu 'dois tapas' em reação a umacusparada do cadeirante e que o ferimento pode ter ocorrido devido a um anel que Marino usa.
Após pedir transferência, Marino trabalha atualmente em uma delegacia de Presidente Venceslau (611 km de São Paulo), no oeste paulista.
Cadeirante foi agredido por delegado em briga por vaga em estacionamento; delegado diz que ele fez ameaças
 
Advogado cadeirante Anatole Morandini, agredido por delegado em briga por vaga em estacionamento
 
Fonte: http://nandoacesso.blogspot.com/2011/08/delegado-que-agrediu-cadeirante-vai.html

Nenhum comentário: