terça-feira, 30 de agosto de 2011

Sony trabalha em óculos de legendas para cinema, ideal para surdos

APNEN, colaborando na divulgação desta matéria: 30/08/2011

Óculos em desenvolvimento pela Sony (Foto: BBC News)
Pessoas com deficiência auditiva enfrentam um grande problema nas salas de cinema, notadamente em filmes dublados ou nacionais, que há muito tempo ainda não foi resolvido: a péssima experiência que é assistir um filme sem legendas. Visando combater tal problema está pronto para votação um projeto de lei (PLS 122/11) que visa tornar obrigatória a utilização de legendas em português ou da Língua Brasileira de Sinais* (Libras) nas exibições de filmes nacionais, e da audiodescrição nas projeções de filmes nacionais e estrangeiros.

Mas esse problema não ocorre só no Brasil, e sim no mundo inteiro. Pensando nisso, a Sony tem trabalhado em uma solução definitiva: óculos especiais que permitam aos usuários ver as legendas diretamente na frente de seus olhos.

O seu funcionamento entrega um resultado semelhante ao das legendas sobrepostas no telão, porém, colocadas na lente dos óculos. A impressão dada pelos óculos é de que as legendas estão na mesma distância da tela do cinema, e não deixando elas “flutuar”.

As vantagens dos óculos não param por aí. O uso desses óculos poderá ser estendido para outras situações como, por exemplo, para um turista que esteja vendo filme estrangeiro fora de seu país.

Os óculos começarão a ser utilizados a partir do ano que vem em cinemas do Reino Unido.

A Sony está de olho nas possibilidades futuras de sua tecnologia também. Uma aplicação possível será na transcrição de conversação simultânea para que os surdos possam ler o que está sendo dito.

Fonte: BBC News; Techtudo

*De acordo com o consultor de inclusão, Romeu Sassaki, o termo correto é Língua de Sinais Brasileira. Trata-se de uma língua e não de uma linguagem.

Nenhum comentário: