domingo, 11 de dezembro de 2011

Educadora amazonense recebe prêmio “Professores do Brasil” com projeto de educação especial

A professora Maria Madalena Araújo de Oliveira receberá em Brasília, no próximo dia 13, o Prêmio “Professores do Brasil”, concurso que reconhece em nível nacional as melhores experiências pedagógicas de ensino básico. Na sua 5° edição, o concurso teve 1.291 projetos inscritos, dos quais apenas 40 experiências foram reconhecidas.





A professora Maria Madalena segue no próximo dia 12 para Brasília, onde irá receber a premiação.

Professora há mais de vinte anos na escola estadual Manoel Marçal de Araújo – escola específica que atende estudantes com múltiplas deficiências –, a amazonense Maria Madalena Araújo de Oliveira se destacou com o projeto “Recursos da Informática x Escola Especial: Um elo para o Desenvolvimento Cognitivo de Deficientes Mentais”. O projeto utiliza programas de computação para desenvolver a coordenação motora, incentivar a criatividade e demais habilidades cognitivas dos alunos especiais.
“Os estudantes vão três vezes por semana ao laboratório de informática, onde utilizam softwares educacionais, como o Tux Paint, que ensina a desenhar no computador e o GCompris o qual traz 100 atividades educacionais que testam a memória, a coordenação motora e outras habilidades”, explicou a professora, informando que o projeto é aplicado desde 2009.
A gestora da escola estadual Manoel Marçal, Aida Greice Ramos da Silva, diz que a ação vem trazendo resultados visíveis para os estudantes. “Percebemos que houve um avanço significativo no comportamento dos alunos. A percepção deles em sala de aula, por exemplo, melhorou muito com a participação no projeto”, contou a gestora.
Premiação
Instituído em 2005 pelo Ministério da Educação (MEC), o Prêmio “Professores do Brasil” visa melhorar a qualidade do ensino e aprendizagem, através do reconhecimento de práticas criativas, inovadoras e bem-sucedidas realizadas por professores nas escolas da rede pública de todo o país.
A professora Maria Madalena, juntamente com a gestora Aida Greice viajam na próxima segunda-feira, 12 de dezembro, para Brasília, onde receberão a premiação no dia 13, durante o seminário “Professores do Brasil”. A cerimônia será dirigida pelo Ministro da Educação, Fernando Haddad, que entregará à comitiva amazonense, um troféu, certificados de participação, R$ 5 mil em dinheiro (para autora do projeto) e ainda R$ 2 mil em equipamentos audiovisuais e de multimídia para a escola estadual Manoel Marçal.
Em Brasília, a professora Maria Madalena ainda apresentará, no dia 14, o seu projeto “Recursos da Informática x Escola Especial: Um elo para o Desenvolvimento Cognitivo de Deficientes Mentais” aos outros ganhadores.
“Dividir nossa bem-sucedida experiência com os outros educadores dará visibilidade nacional ao nosso projeto, permitindo que ele possa ser adotado por outras escolas”, ressaltou a professora Maria Madalena que também espera trazer idéias de novas práticas pedagógicas para aplicar no Amazonas.
A escola estadual de Educação Especial Manoel Marçal de Araújo, atende 102 estudantes com deficiências mentais, em nível de educação infantil. A escola é mantida pelo Governo do Estado e pertence ao Distrito de Educação 1 da Secretaria de Estado de Educação (Seduc).

Fonte: http://www.blogmarcossantos.com.br/2011/12/09/educadora-amazonense-recebe-premio-professores-do-brasil-com-projeto-de-educacao-especial/

Nenhum comentário: