quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

PESSOAS COM DEFICIÊNCIA NÃO ESTARÃO NA CATEGORIA DE INGRESSOS MAIS BARATOS NA COPA

Relator da Lei Geral explica que preço das entradas para esse público dependerá do local reservado a esses torcedores nas novas arenas.

Gabriel Fialho

O deputado Vicente Cândido (PT-SP) apresentou nesta terça-feira (06.12), na Comissão Especial da Lei Geral da Copa, o parecer sobre o Projeto de Lei Geral da Copa. Um ponto que havia sido discutido durante as audiências públicas e seminários regionais promovidos pela comissão era a possível inclusão de pessoas com deficiência na categoria de ingressos mais baratos. No relatório, contudo, esse segmento da população ficou fora desse grupo de ingressos com preços ao redor de 25 dólares. 


A justificativa do relator é que os estádios em construção para o Mundial terão áreas reservadas para pessoas com deficiência que estarão em locais destinados a outras categorias. “O regramento brasileiro define a acessibilidade nas arenas e não o ingresso mais barato para portadores de deficiência. Essas pessoas foram retiradas da Categoria 4 e colocadas em uma categoria que vai depender do local do estádio a que está destinado o setor para elas”, explica o parlamentar. 

Cândido, entretanto, garante que essas pessoas terão direito a entradas mais baratas. “Temos um acordo para que esses ingressos sejam mais baratos, mas não chegará ao preço da categoria 4”, disse.


Fonte: Portal da Copa - Brasília-DF, 13/12/2011 - Imagem Internet

Nenhum comentário: