quinta-feira, 8 de março de 2012

Detran do MS forma o primeiro condutor de moto deficiente físico

Laura Holsback


O cadeirante José Henrique Domingues, de 59 anos, morador no Rio de Janeiro, vai  ser o primeiro a realizar o exame prático para CNH (Carteira Nacional de Habilitação) da categoria A, amanhã (7), no Detran/MS (Departamento Nacional de Trânsito) do Mato Grosso do Sul, em Campo Grande.

"Eu era muito limitado porque minha cadeira é elétrica e fica difícil montar e desmontar para andar de carro", conta Henrique, que também veio a Capital comprar uma moto adaptada.

De acordo com informações da assessoria de imprensa, o órgão estadual forma condutores com deficiência física por meio do Centro de Formação de Condutores Especial, que funciona no próprio órgão.

São oferecidos cursos na categoria B, para carros e A, para Biga, como é chamada a motocicleta adaptada para o cadeirante subir ou descer sozinho do triciclo.

As aulas práticas de direção veicular são gratuitas para as duas categorias. Os alunos fazem as aulas teóricas no CFC de sua preferência e passam pela formação prática no CFC do órgão.

O Detran do Estado é o único do país que oferece esse tipo de formação para deficientes físicos. "Eu tentei tirar minha carteira no Rio, mas não consegui. Então resolvi vir para Mato Grosso do Sul. Isso vai ser minha liberdade, porque de ônibus não dá", conta José Henrique.

Além do CFC especial, que forma alunos com deficiência física nas categoria A e B, o órgão assegura a pessoas surdas a acessibilidade de comunicação, oferecendo intérprete nos exames teóricos.


Nenhum comentário: