sexta-feira, 23 de março de 2012

Elaboração de estatuto é tratada em Conferência


A criação do Estatuto da Pessoa com Deficiência foi anunciada nesta quinta-feira (22), na Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência, em Curitiba.

“Todo este trabalho, que começa neste encontro será concluído com as audiências públicas que serão realizadas nas oito macro-regiões administrativas do Paraná”, disse o presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência Mauro Nardini.

O vice-governador e secretário de estado da educação Flávio Arns afirmou que a conferência é um importante momento de reflexão. “E a hora de analisar o que está sendo feito, o que está dando certo, o que precisa ser corrigido e olhar para frente, governo e sociedade, para o bem comum”, disse ele.

Para o secretário especial dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Irajá de Brito Vaz, “a conferência traduz o pensamento de muitos atores nos problemas locais de acessibilidade e exercício da cidadania.”

Irajá apresentou no encontro as ações da secretaria com destaque para a avaliação permanente do espaço urbano e o trabalho em parceria com entidades de classe e a comunidade para garantir os direitos e a acessibilidade plena das pessoas com deficiência. “Curitiba é referência por antecipar soluções e também avança no trabalho pela acessibilidade plena dos cidadãos”, disse.

A vice-presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência e diretora de geração de trabalho e renda da FAS, Deise Caputo, destacou a importância dos debates em torno do Estatuto e das ações pela qualidade de vida da pessoa com deficiência.

“Aprovaremos aqui propostas que requerem o envolvimento de diferentes setores: saúde, educação, assistência social, trabalho, transporte, habitação, esporte e lazer. Para serem efetivas são questões que dependem da ação de diferentes atores, entre eles os governos, a sociedade civil organizada, o setor privado, as pessoas com deficiência e suas famílias, a mídia e toda a população”, disse.

A conferência está sendo realizada no abertura será às 9 horas do auditório do Boco Azul da Universidade Positivo (Unicenp), na rua Professor Pedro Viriato Parigot de Souza, 5300 – Campo Comprido.

Programação – Para falar sobre o tema principal da conferência “Um olhar através da Convenção da ONU sobre os direitos da pessoa com deficiência: Novas perspectivas e desafios” foi convidado Antônio José do Nascimento Ferreira, secretário nacional de promoção dos direitos da pessoa com deficiência, da Secretaria de Direitos Humanos do Ministério da Justiça.

Na Conferência Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência também serão eleitos os delegados do conselho. 

Nesta quinta-feira (23) haverá a plenária final, a homologação dos delegados e encerramento dos trabalhos.

Participaram da abertura da conferência, a representante do Fórum Paranaense dos Direitos da Pessoa com Deficiência de Curitiba Mirela Prosdócimo; o procurador do Tribunal de Contas Gabriel Guy Léger; o representante da população portadora de deficiência Ênio Rodrigues da Rosa, a coordenadora do Centro de Apoio às Promotorias da Pessoa com Deficiência do Ministério Público do Paraná Rosana Beraldi Bevervança e o representante da Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania Miguel Godoy.



Nenhum comentário: