quinta-feira, 19 de julho de 2012

Amor sem limites: casal com deficiência supera obstáculos e desafios

                         Jay Cramer e Katy Sullivan passeando com o cão labrador "Golias" (Staff Photo: Scott Varley/LANG)



Jay Cramer, 37 anos, era um ator talentoso quando caiu enquanto escalava uma das montanhas  em Malibu, EUA.  Ele quebrou o pescoço e não movimentas as pernas há seis anos.
Katy Sullivan, 32 anos, nasceu sem as pernas.
Como acaso, ou destino, Jay e Katy se conheceram em 2006, no hospital de reabilitação da Califórnia, Downey’s Rancho. Jay ainda não havia sofrido o acidente.
“Foi amor à primeira vista”, Jay lembrou. “Ela tinha as pernas mais sexys de titânio que eu já vi.”
No entanto, não foi amor à primeira vista para Katy, que passava por jay sem repará-lo. Mas pouco tempo depois ela notou Jay, e parou para falar com ele.
O amigo de Katy estava tentando organizar um encontro entre os dois, poucos dias antes do acidente de Jay. “Eu tive que quebrar o pescoço para que ela me notasse”, acrescentou ele com uma risada.
Jay e Katy se casaram no dia 26 de setembro de 2009, após uma proposta nada comum. Jay queria ficar de joelhos para propor o casamento, mas ele não podia fazer isso por causa da lesão. Alguém disse que ele poderia fazer isso numa piscina.
Foto do casamento de Jay e Katy
Foto do casamento de Jay e Katy
“Então, eu entrei na água com um fisioterapeuta me segurando em cada braço, fiquei de joelhos e disse a Katy que eu tinha algo a perguntar a ela”, disse ele. “Ela estava sentada ao lado da piscina. Propus e ela disse ‘sim’, fazendo de mim o homem mais feliz do mundo.”
Após o acidente, Jay continuou com sua carreira de ator, mas numa direção diferente, se tornou um comediante stand-up. Em 2007  foi nomeado “Melhor Novo Comediante” em Los Angeles, e dois anos depois, foi nomeado “o mais engraçado comediante”. Katy também tem uma carreira de atriz.
Trabalhando com o fisioterapeuta Julie Kasayama, Katy não só aprendeu a mecânica de correr com as pernas de titânio, mas se destacou e começou a vencer corridas. Com um tempo de 17.68 segundos, ela venceu a Paraolimpíada dos EUA nos 100 metros rasos.
Katy Sullivan participando de uma competição em Guadalajara, México.(Photo by Gerardo Zavala/LatinContent/Getty Images)
Katy Sullivan participando de uma competição em Guadalajara, México.(Photo by Gerardo Zavala/LatinContent/Getty Images)
O casal pretende formar uma família, e estão trabalhando em vários projetos, incluindo apresentações motivacionais que apresentam para pacientes e funcionários no Hospital de Reabilitação, na Califórnia, e esperam apresentar-se em outros lugares.
Durante a entrevista, Jay e Katy carinhosamente contaram histórias inspiradoras e piadas sobre o dia a dia do casal e como superaram os obstáculos.
“Jay é uma pessoa incrível e inspiradora”, disse Jorge Orozco, CEO do Rancho. “Ele e Katy estão ajudando muito no hospital. O espírito de energia deles não tem preço. São duas das pessoas mais entusiasmadas e otimistas que eu conheço. Seus sorrisos e atitudes positivas são contagiosos. Eles não se consideram vítimas”.
Jay e Katy
Jay e Katy
Segundo Katy, os obstáculos são colocados em nossos caminhos para demonstrar o quanto queremos e podemos vencer alguma coisa. ”Você vai encontrar uma oportunidade, às vezes vem no mais improvável dos pacotes”, disse ela.
Jay acrescentou: “Não importa se é uma prótese de perna, uma cadeira de rodas ou qualquer outra coisa, seja sempre grato pelas lições que você aprendeu.”.
Tradução Livre realizada pelo Blog Deficiente Ciente
Fonte:http://www.contracostatimes.com/

Nenhum comentário: