quarta-feira, 4 de julho de 2012

Censo 2010 aponta que 61% das pessoas com deficiência têm baixa instrução Fonte: Boainformacao.com.br http://www.boainformacao.com.br/2012/06/censo-2010-aponta-que-61-das-pessoas-com-deficiencia-tem-baixa-instrucao/

De acordo com o Censo, 6,7% das pessoas com deficiência e 10,4% de pessoas sem nenhuma deficiência concluíram o ensino superior.
por R7.com

                                                                                                                            Pitalev Iliya / RIA NOVOSTI/AFP                                                                       


O Censo Demográfico 2010, divulgado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nesta sexta-feira (29), revela que 61,1% das pessoas do País com 15 anos ou mais e com algum tipo de deficiência não tem instrução ou possui apenas o ensino fundamental incompleto.
Entre as pessoas sem deficiência, esse índice vai para 38,2%. Uma diferença de 22,9% no nível de instrução.
De acordo com o Censo, 6,7% das pessoas com deficiência concluíram o ensino superior. Se comparado aos 10,4% de pessoas sem nenhuma deficiência que também terminaram a faculdade, a diferença não é tão marcante quanto na educação inicial. 

Leia mais notícias de Educação

De acordo com o Censo, 45.606.048 de pessoas declararam ter, pelo menos, um tipo de deficiência, correspondendo a 23,9% da população brasileira. A pesquisa considerou as deficiências visual, auditiva, motora, mental ou intelectual, divulgadas na CIF (Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde), da OMS (Organização Mundial da Saúde).

Do total de pessoas, 7,5% das crianças com idade entre zero e 14 anos tem pelo menos um tipo de deficiência.
A prevalência de pelo menos uma das deficiências investigadas foi maior na população de 15 a 64 anos de idade, que marcou 24,9%, e atingiu 67,7% da população de 65 anos ou mais de idade. 

Alfabetização
Para a população com mais de 15 anos com pelo menos uma deficiência, a taxa de alfabetização foi de 81,7%, uma diferença de 8,9 pontos percentuais em relação ao total população do País: 90,6%. 
http://i2.r7.com/20120629-IBGE1--demografico-2010.jpg
Já em relação a taxa de escolarização, 95,2% das crianças de 6 a 14 anos com deficiência frequentam a escola. Entre aquelas que não têm deficiência, o total sobe para 97,1%.
Em nível regional, o Norte tem a menor taxa de escolarização entre crianças com deficiência, com 93,3%. Entretanto, a região tem a menor diferença com relação às crianças sem deficiência. Dessas, 94% estão frequentando a escola, o menor índice do País.
O Sul tem a diferença é mais alta: 97,7% das crianças sem deficiência estão na escola, enquanto 95,3% das que tem deficiência assistem às aulas.
http://i2.r7.com/20120629-IBGE2-demografico-2010.jpg

Nenhum comentário: