quinta-feira, 12 de julho de 2012

Secretaria divulga resultado de pesquisa sobre acessibilidade em telecentros

O levantamento apurou que 77% dos telecentros recebem pessoas com deficiência. O objetivo é conhecer os recursos de acessibilidade atualmente disponíveis nos telecentros.
                                                                                Imagem Internet

A Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São PauloSite externo., em parceria com a ATN – Associação Telecentro de Informação e Negócios, realizou uma pesquisa, junto a  telecentros de todo o país, para conhecer os recursos tecnológicos e de acessibilidade para atendimento ao segmento de pessoas com deficiência, que no Brasil soma 45,6 milhões. Há cerca de 2.000 telecentros nas grandes metrópoles.
Os telecentros são cada vez mais locais de comunicação e interação profissional e pessoal. As redes comunitárias de computadores permitem a inclusão digital pelo acesso gratuito à internet. O uso de tecnologias digitais favorece um infindável leque de possibilidades, incluindo inserção econômica e profissional, a partir do alcance de informações e relacionamento digital via networking.
A pesquisa apontou que 77% dos telecentros são freqüentados por pessoas com algum tipo de deficiência. O percentual de visitas semanais registra 41% de freqüência, justificado por alguns gestores pela falta de acessibilidade nos locais.
Em contrapartida, a pesquisa revelou que 69% dos telecentros apresentam algum tipo de acessibilidade física para as pessoas com deficiência, como rampa de acesso para usuários em cadeira de rodas ou com mobilidade reduzida.
A grande maioria - 96% - afirmou ter interesse em tornar esses espaços acessíveis e inclusivos para as pessoas com deficiência e mobilidade reduzida.
A pesquisa é a primeira etapa de uma iniciativa da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo, que visa ampliar o acesso a usuários com deficiência em telecentros. Serão realizadas novas análises e implementadas outras ações para a garantia de acessibilidade e inclusão digital para todas as pessoas nos telecentros do país, com foco no estado de São Paulo. Detalhes da pesquisa e as informações sobre os trabalhos com os telecentros serão divulgados no próximo Encontro de Tecnologia, que acontece em agosto, em São Paulo.


Fonte: http://www.pessoacomdeficiencia.sp.gov.br      Imagem Internet


Nenhum comentário: