sábado, 22 de junho de 2013

Intelbras lança telefone para deficientes

O Áudioplus deve atender os cerca de 10 milhões de brasileiros que possuem algum tipo de deficiência auditiva.

Gisele Machado

A Intelbras acaba de lançar no mercado brasileiro um telefone com áudio amplificado destinado a pessoas com perda auditiva de leve a moderada, o Áudioplus. O produto permite quatro níveis de ajuste do volume de recepção e se adapta a diferentes necessidades. 

Segundo censo realizado pelo IBGE em 2010, cerca de 10 milhões de brasileiros possui algum tipo de deficiência auditiva, o que representa aproximadamente 5% da população. São, em sua grande maioria, pessoas com mais de 50 anos que começam a apresentar sintomas de perda auditiva ao longo da vida. Com base nestas informações, a Intelbras buscou reunir em um único telefone, o Áudioplus, todas as características que um produto para este público deve possuir: ajuste do volume de recepção, compatibilidade com aparelhos auditivos (HAC –Hearing Aid Compatible), LED indicativo de chamadas, teclas grandes de fácil visualização, teclas para discagem direta e indireta, tecla mudo no monofone e duas opções de volume de campainha. 

“É uma ótima oportunidade para a Intelbras, não apenas pelo grande potencial de negócio que vislumbramos neste segmento, mas também pelo fato de estarmos incluindo uma parcela da população que hoje tem dificuldade de se comunicar e não encontra produtos e empresas que atendem a suas necessidades.”, afirma Eduardo Baruffi, gerente da Intelbras. “Esta iniciativa reflete não apenas a capacidade da Intelbras de trazer produtos diferenciados para o mercado, mas também demonstra o quanto a organização leva a sério a questão da responsabilidade social.”, complementa Eduardo. 

O Áudioplus pode ser encontrado em lojas especializadas na venda de aparelhos auditivos, nos principais sites de comércio eletrônico e também através da loja virtual Intelbras 
http://loja.intelbras.com.br 


                                             “Matéria postada em caráter informativo”

Nenhum comentário: