sábado, 22 de junho de 2013

Novidade! A cadeira de rodas da empresa brasileira Vemex batizada de Strix.

   
  Cadeira de rodas da empresa brasileira Vemex batizada de Strix

A cadeira de rodas da empresa brasileira Vemex batizada de Strix, foi projetada para diminuir a trepidação em terrenos acidentados - isso inclui as ruas esburacadas e as calçadas irregulares das grandes cidades brasileiras. Com suspensão eletrônica inspirada na Ferrari, a Strix foi testada em Parati (RJ), cidade histórica conhecida pelas ruas de pedra. 

"Quando eu ia para o trabalho, em São José dos Campos, SP, sempre via um cadeirante parado na porta de casa. Perguntei a ele porque não saía e ele respondeu que era impossível devido à qualidade das calçadas. Isso mexeu comigo", disse o engenheiro Breno Horta, um dos três idealizadores do projeto.

Segundo Horta, com o sistema eletrônico, a cadeira vai se moldando ao relevo e evita que o cadeirante fique parado no buraco e tenha seu corpo projetado para a frente, caindo no chão.

"O sistema funciona com um fluido e um software de leitura do terreno, ou seja, quando ele sente uma vibração que não era prevista, em milésimos de segundo o software lê o problema e manda um sinal pra bateria, que envia uma carga ao amortecedor aumentando a viscosidade do óleo dentro do sistema de amortecimento", explica Horta. Isso faz com que o amortecedor se adapte à necessidade apresentada e trabalhe mais lento ou rapidamente, podendo até mesmo travar o amortecimento completamente.

A "Strix" teve apoio de R$ 1,4 milhão da Finep (Agência Brasileira da Inovação), levou dois anos para ficar pronta e deve estar no mercado até o segundo semestre, com preço equivalente ao de cadeiras importadas, avaliadas de R$ 8 mil a R$ 12 mil.

Mais informações sobre a Strix podem ser obtidas através do endereço:
Rua Gregório Gurevich, nº 51

Jardim Diamante.
CEP: 12223-140
São José dos Campos/SP.
Tel: (12) 3902-8301.
E-mail: atendimento@vemex.com.br.

Fonte:http://sentidos.uol.com.br/ - “Matéria postada em caráter informativo”

Nenhum comentário: