terça-feira, 2 de julho de 2013

UE lança portal para promover tecnologia a pessoas com deficiência e idosos

ATIS4all logotipo portal colaborativo, ir para casa.A União Europeia publicou nesta semana um site para ajudar pessoas com deficiência e idosos a encontrarem tecnologias assistivas. O portal, ATIS4All, abreviação de Tecnologia Assistiva e Soluções Inclusiva para todos (em inglês), coleta dados de computadores e produtos de comunicação desde softwares, teclados e mouses, para inclusão de texto simultânea e reconhecimento por voz.

O serviço visa simplificar a tecnologia assistiva ou dispositivos e serviços de acessibilidade segundo as necessidades de uso, preferências, idiomas ou categorias individuais dos usuários. A ideia é facilitar aos europeus o acesso a uma solução por meio da disseminação da informação, ou em alguns casos promover o desenvolvimento de algo que sequer existe ainda. Essa questão levou a uma fragmentação do mercado no campo da tecnologia assistiva, a qual os fundadores do portal pretendem alcançar.
O portal oferece diversos recursos, inclusive links para notícias lidas com tecnologia assistiva, detalhes para profissionais sobre melhores práticas e legislação europeia na área, e uma ferramenta de busca para busca de produtos e informações independentes dos “últimos softwares e hardwares assistivos disponíveis na Europa”.
O objetivo também é oferecer participação online no estilo da web 2.0 para encorajar a troca de conhecimento e experiência, incluindo compartilhamento sobre stakeholders e usuários finais na área, somando a um repositório de softwares open source e tendências no setor.
Segundo a revista Ability Magazine, que rastreia desenvolvimento de TI para pessoas com deficiência na Europa, o projeto custou 600 mil euros e dá suporte a pesquisas de produtos no Reino Unido, Franca, Alemanha, Dinamarca, Itália, Holanda e Bélgica.
O projeto do portal é liderado pelo Technosite, companhia espanhola de consultoria em tecnologia do grupo Once, tudo como organização nacional da Espanha para cegos. Há participação também de uma grande variedade de instituições europeias preocupadas com ajuda a pessoas com deficiência e idosos no uso da tecnologia para inclusão social e melhoria da qualidade de vida.
Ao todo, 43 organizações diferentes em 16 países europeus contribuíram para colocar no ar o site e mantê-lo ativo. Algumas delas são a entidade de caridade AbilityNet, a filial britânica da BlackBerry e o European Disability Forum, da Bélgica.

Fonte:http://itweb.com.br/ - “Matéria postada em caráter informativo”

Nenhum comentário: