sábado, 26 de outubro de 2013

Cadeiras de rodas cercam carros parados em vaga exclusiva

A pessoa estaciona o carro irregularmente em vaga destinada a deficientes físicos durante os famosos “cinco minutinhos” e, quando volta, dá de cara com seu veículo rodeado por cadeiras de rodas. Foi o que aconteceu ontem com alguns motoristas em Vila Velha, no Centro e na Glória. Eram condutores que não respeitaram a sinalização indicativa de uso exclusivo por portadores de necessidade especial.


Foto: Carlos Alberto Silva
 Carlos Alberto Silva
Quem parou de forma irregular ontem, no Centro e na Glória, teve carro cercado






















A ação faz parte do projeto “Uma Mão Amiga”, desenvolvido pela Secretaria de Transporte e Trânsito do município (Semtran). A intenção é educar condutores sobre a importância de preservar o espaço para os deficientes físicos estacionarem. Ontem foi o lançamento da iniciativa, que vai percorrer, até o fim do ano, outros bairros da cidade com índices altos nesse tipo de infração.

Motoristas que pararem seus veículos bloqueando as rampas de acesso às calçadas também poderão ser surpreendidos.

Punição
No dia a dia, nesse tipo de situação, assim como a parada irregular em vagas destinadas a deficientes, o carro é guinchado. Além disso, o proprietário paga multa de R$ 53,20 e tem registrados, na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), três pontos.

De janeiro a julho deste ano, 56 motoristas foram autuados no município de Vila Velha porque cometeram a infração.

Flagrante
Ontem, não houve multa, apenas o flagrante. Mesmo assim, alguns motoristas não receberam bem a ação ao serem abordados pelos representantes da prefeitura e pela Guarda Municipal de Trânsito. Um condutor alegou problemas com a sinalização, e outro reclamou da falta de vagas para quem não tem deficiência em alguns pontos da cidade.

Mas também houve os que, apesar do susto inicial, avaliaram positivamente a iniciativa.

“Muitas pessoas têm o mau hábito de parar nesses locais, dizendo que é rápido, mas é assim que muitos deficientes ficam sem as vagas e acabam perdendo compromissos como médico, vaga de emprego, etc. É preciso lembrar que essas pessoas têm locomoção especial e não devem enfrentar grandes distâncias do local onde param o carro até onde querem ir”, diz o coordenador de Educação de Trânsito de Vila Velha, Fábio Barcellos.

Autuações 
56 de janeiro a julho
multas por estacionamento irregular em vagas para deficientes, em Vila Velha.

Assista ao vídeo:  


Fonte: A Gazeta - http://www.portalpcdonline.com.br/ - “Matéria postada em caráter informativo” 
 

Nenhum comentário: