terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Vacina e novo medicamento - Duas esperanças para quem possui esclerose múltipla

ONG que luta pelos diretos de pessoas que possuem a doença avalia positivamente as descobertas mais recentes a respeito de novos tratamentos

da Redação

Dois mil e treze foi um ano de boas perspectivas para as pessoas que possuem Esclerose Múltipla (EM) e que lutam por novos tratamentos, mais modernos e humanizados. Um estudo publicado na revista científica Neurology mostrou que a vacina BCG, comumente utilizada contra tuberculose, pode ajudar a bloquear a evolução dos sintomas da EM. Como o distúrbio ataca o sistema imunológico, a vacina ajudaria a fortalecer a imunidade, diminuindo as chances de o indivíduo apresentar o quadro clássico da doença. A diretora de Comunicação e porta-voz da Associação de Portadores de Esclerose Múltipla de Santa Maria e Região (APEMSMAR), Márcia Denardin, avalia positivamente a descoberta.

“Achamos que todas as pesquisas são superimportantes, e estamos esperançosos quanto aos novos tratamentos que estão sendo descobertos e disponibilizados”, diz. A diretora da ONG ressalta, no entanto, que a vacina, embora seja uma possibilidade, ainda está em fase de estudos e que já há tratamentos mais tranquilos e seguros na administração, como é o caso dos medicamentos orais. Ela se refere à outra esperança dos pacientes com Esclerose Múltipla: a inclusão do Fingolimode no Sistema Público de Saúde. O fármaco já é utilizado em mais de 35 países, possui aprovação da ANVISA e encontra respaldo científico sobre sua eficácia, em relação aos tratamentos utilizados atualmente.

A Esclerose Múltipla uma doença neurológia, crônica e autoimune, de causas desconhecidas. Afeta mais de 25 mil pessoas no Brasil e 2,5 milhões de pessoas no mundo. A principal incidência é em jovens. Na cidade de Santa Maria, no Rio Grande do Sul, a proporção de casos é de 28 para cada cem mil habitantes, acima da média nacional, segundo dados do Ministério da Saúde.


Sobre a APEMSMAR: 
A Associação de Portadores de Esclerose Múltipla de Santa Maria e Região (APEMSMAR) é uma ONG que defende os direitos dos portadores de Esclerose Múltipla. A ONG, idealizada pelo também paciente Antônio Luzardo há mais de quinze anos, promove diversas ações para pacientes e familiares, como encontros para a troca de ideias sobre o dia a dia da doença, atividades de reabilitação com fisioterapeuta, terapia ocupacional e assistência social. Os encontros são realizados todas as terças-feiras, às 09h30, no Prédio de Clínicas da UNIFRA (prédio 17), sala 506, localizado na Rua dos Andradas, nº 1250, em Santa Maria/RS. 

Mais informações sobre a Apemsmar
podem ser obtidas pelo
site www.apemsmar.blogspot.com.brhttps://www.facebook.com/apemsmar.esclerosemultipla ou pelos telefones (55) 9931-4996 e (55) 3347-0549.

Fontes: Apemsmar - saci

Nenhum comentário: