terça-feira, 11 de março de 2014

Pintor com síndrome de Down que já fez 200 telas lança mostra no DF

Exposição é inspirada na vida dele, que é artista plástico desde os 13 anos.
Quadros estão na Galeria Expoarte, no Setor de Rádio e TV Sul.


Do G1 DF

O brasiliense Lúcio Piantino, de 18 anos, lança nesta segunda-feira (10) uma nova mostra: “De arteiro a artista: a saga de um menino com síndrome de Down”. A exposição é inspirada na trajetória dele, que tem carteira profissional de artista plástico desde os 13 anos e já pintou mais de 200 telas.

Click AQUI para ver o vídeo:

As imagens feitas pelo rapaz são sempre abstratas. A inspiração vem das músicas que ele ouve enquanto pinta, que vão do rock ao axé. “É muito bom pra tirar as minhas ideias, tirar as minhas loucuras, eu coloco a minha loucura, a minha ideia nos meus quadros”, disse.
O talento do rapaz foi descoberto no começo da adolescência, quando os pais, também artistas, deram a primeira tela para ele.
“Ele não é um menino com síndrome de Down que pinta, ele é um artista plástico que tem síndrome de Down”, afirma a mãe, Lurdinha Danezi. “Ele chegou onde ele chegou, no ambiente artístico, no mercado de arte, porque é um artista talentoso. A síndrome de Down é só um detalhe na personalidade, na característica dele.”
O jovem afirmou que, por meio do trabalho, sonha em ganhar dinheiro para comprar uma casa para ele e para mãe. A exposição segue até o dia 21 de março, na Galeria Expoarte, no Edifício Brasília Design Center, no Setor de Rádio e TV Sul.

Nenhum comentário: