quarta-feira, 11 de junho de 2014

Exposição “Amor ao Futebol” chega ao Memorial da Inclusão



Em clima de Copa do Mundo, o Memorial da Inclusão recebe a exposição “Amor ao Futebol”, em 10 de junho. O projeto, da Associação de Assistência à Criança Deficiente - AACD e Associação dos Pintores com a Boca e os Pés – APBP, traz peças produzidas por artistas com distrofia muscular e pintores que utilizam a boca e os pés.


 
A exposição visa demonstrar por meio da arte as percepções sobre o amor ao esporte, sendo 22 obras acessíveis que utilizam as técnicas quilling (trabalho manual realizado com tiras de papel enroladas e modeladas), e kirigami (variação do origami, com peças produzidas em três dimensões), além de pinturas feitas pelos artistas da APBP.
 
A mostra é gratuita e segue até 31 de julho. Saiba mais sobre os autores das obras que serão expostas:
 
Eliana Zagui
Nascida em 23/03/1974, em Guariba /SP. Aos dois anos foi vítima de poliomielite que a deixou paralisada do pescoço para baixo, obrigando-a a viver 24 horas num aparelho respiratório. Eliana mora no Hospital das Clínicas desde então e foi lá que aprendeu a ler, escrever, teclar no computador e a pintar, tudo isso feito com a boca.
 
Marcelo da Cunha
Nascido no Rio de Janeiro em 10/09/1969. Aos 21 anos de idade teve duas vértebras quebradas ao bater a cabeça durante um mergulho numa cachoeira. Antes do acidente que acabou deixando-o tetraplégico, Marcelo era designer gráfico. Hoje, autodidata, aprendeu a pintar belas paisagens com a boca.

Ronaldo Cupertino da Silva
Nascido em 09/08/1968, Jabuticatubas, MG. Ficou tetraplégico em 1992 ao mergulhar em águas rasas de um riacho. Começou a pintar e escrever com a boca após alguns anos, é autodidata e adora observar a natureza, suas cores, suas sombras e sentir a energia das plantas.
 
 
Memorial da Inclusão 
O Memorial da Inclusão: os Caminhos da Pessoa com Deficiência reúne em um só espaço, na sede da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo, fotografias, documentos, manuscritos, áudios, vídeos e referências aos principais personagens, às lutas e às várias iniciativas que incentivaram as conquistas e melhores oportunidades às pessoas com deficiências, principalmente em um dos períodos mais importantes da história sócio-cultural e política do movimento de luta das pessoas com deficiência, que ocorreu no início dos anos 1980.
 

SERVIÇO

Exposição - “Amor ao Futebol”
Data abertura: 10 junho de 2014, às 18h
Período da mostra: 10 de junho a 31 de julho
Local: Memorial da Inclusão, sede da SEDPcD-SP
Endereço: Av. Auro Soares de Moura Andrade, 564 – Portão 10 – Barra Funda/SP
Horário: De segunda a sexta, das 10 às 17h – Entrada Franca

Nenhum comentário: