quarta-feira, 11 de junho de 2014

Paratleta de Petrolina vence provas contra corredores sem deficiência

Treinadores de Mirelly Layane comemoram o resultado e já pensam no Circuito Paralímpico."Ela tem chances até de bater o recorde brasileiro", diz técnico.

Por Petrolina, PE

Mirelly Layane, no centro, comemora os bons resultados (Foto: Marciano Barros/ arquivo pessoal )
Mirelly Layane, no centro, comemora os bons resultaods  (Foto: Marciano Barros/ arquivo pessoal )

Quando competiu nas provas do 100 e 200 metros da etapa regional dos Jogos Escolares de Pernambuco, na última quinta-feira (5), a paratleta Mirelly Layane conquistou dois ouros na categoria regular, com atletas sem deficiência. Além das primeiras posições, a jovem de 17 anos também garantiu vaga para disputar a etapa estadual dos jogos. 
Com deficiência intelectual, a jovem é aluna da APAE e treina na Associação Petrolinense de Atletismo (APA). Mirelly é considerada por seus treinadores como uma grande promessa do paratletismo na região. 
– A gente já observava essa qualidade quando em Natal-RN ela ganhou três primeiros lugares disputando em meio a corredores com experiência. A Mirelly é uma menina com um potencial imenso e isso foi comprovado ainda mais agora, com ela ganhando de atletas sem deficiência – afirma o treinador Natanael Barros.
O treinador projeta um esquema de trabalho para que a corredora mantenha o bom desempenho nas provas. A intenção é fazer com que ela chegue bem no Circuito Paralímpico, podendo lutar por uma vaga no pódio.
– Vamos focar para quem sabe ela possa chegar na etapa nacional para correr entre as melhores corredoras do país. Conhecedores do potencial dela, sabemos que pode chegar longe. Ela tem chances até de bater o recorde brasileiro – declara Natanael.
* Henrique Almeida sob supervisão de Emerson Rocha

Nenhum comentário: