terça-feira, 12 de agosto de 2014

Seleção Brasileira de natação encerra o Parapan-Pacific, nos Estados Unidos, com 48 medalhas

  IMG-20140810-WA0025
 Seleção posa em frente ao Rose Bowl Aquatics

A Seleção Brasileira de natação paralímpica concluiu neste domingo, 10, a sua participação no Parapan-Pacific da modalidade, em Pasadena, Estados Unidos. E o fez da melhor forma possível: conquistando medalhas. Foram mais seis láureas (duas de cada) no último dia do evento. Desta maneira, o Brasil encerrou a principal competição da temporada com 48 medalhas, sendo 24 de ouro, 13 pratas e 11 de bronze.
No último dia de disputas no Rose Bowl Aquatics Center, Joana Silva foi quem amealhou a única medalha dourada individual do país. Ela venceu os 100m livre da classe S5 em 1m27s26. O outro ouro da Seleção foi conquistado no revezamento 4x50m medley, 20 pontos, que registrou 2m42s47. A equipe foi composta por Ronystony Silva, Roberto Alcalde, Daniel Dias e Adriano Lima.
Outro revezamento também trouxe uma medalha. O time do 4x100m livre, 34 pontos, foi vice-campeão. A equipe composta por Phelipe Andrews, Vanilton Filho, Talisson Glock e Ruiter Silva cumpriu o percurso em 3m58s22 e bateu em segundo lugar. Mesma colocação que havia sido alcançada por Susana Schnarndorf nos 100m peito da classe SB6. Ela ficou com o segundo posto ao completar a prova em 1m46s84.
Por fim, houve mais duas medalhas de bronze. Camille Rodrigues ficou com a terceira colocação nos 100m livre da classe S9 com o tempo de 1m07s09. Em seguida, Ronystony Silva obteve a sua segunda medalha do dia, agora nos 50m peito (SB3), que concluiu em 56s66.
Como nesta temporada não há a disputa de Jogos Paralímpicos ou de Campeonatos Mundiais da modalidade, o Parapan-Pacific é tido como o principal alvo da natação. O torneio também foi o primeiro a contar para a obtenção de tempos para classificar-se à Seleção Brasileira, que disputará os maiores torneios do próximo ano.
Time São Paulo
Os atletas Daniel Dias, Talisson Glock, Vanilton Filho são integrantes do Time São Paulo, parceria entre o CPB e a Secretaria de Estado do Direito das Pessoas com Deficiência de São Paulo que beneficia 34 atletas e seis atletas-guia de nove modalidades.

Time Rio
Os atletas Phelipe Andrews, Susana Schnarndorf e Camille Rodrigues fazem parte do Time Rio, parceria da Prefeitura do Rio de Janeiro, por meio da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência (SMPD), com o Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), com o intuito de oferecer infraestrutura necessária para atletas e guias.

Comunicação CPB – (imprensa@cpb.org.br)
Daniel Brito
Ivo Felipe
Nádia Medeiros
Rafael Moura
Thiago Rizerio

Nenhum comentário: