quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Motoristas da capital estacionam em vagas reservadas aos deficientes

As desculpas variam de de falta de tempo à desinformação quanto às leis. Para estacionar uma vaga é obrigatório o uso de um adesivo no automóvel.

Do G1 MA , com informações da TV Mirante




Nas vagas reservadas para deficientes físicos é comum, em São Luís, observar as pessoas desocuparem os seus carros e sair andando normalmente. As desculpas das infrações cometidas, quase sempre, por cidadãos sem nenhuma deficiência física são bem parecidas, e variam de falta de tempo à desinformação quanto às leis.
Click AQUI para ver o vídeo:
Porém, nem todo mundo pensa da mesma maneira. Como é o caso da professora e também deficiente, Maria da Graça Mourão, que tem plena consciência dos seus direitos e deveres, e afirma que presta bem atenção a situação e diz que sofre quando precisa usar o estacionamento. “Chega aqui um cara bonzinho bota aí e eu arrudeio, arrudeio. Eu vou embora porque não tenho onde eu bote o meu”.
Para estacionar uma vaga para deficiente físico é obrigatório o uso de um adesivo no automóvel. Mas, mesmo no Departamento de Trânsito do Maranhão (Detran) é possível encontrar veículos sem qualquer identificação estacionados na vaga exclusiva. E mais: mesmo quem deveria fiscalizar acaba cometendo esse tipo de irregularidade. O carro da polícia enquanto esteve estacionado no pátio do Detran fez bastante uso da vaga reservada, e sem dar nenhuma explicação ao fato acabaram ignorando suas próprias leis.
Para a educadora Maria Francisca Araújo, que também se encontrava no estacionamento do órgão de trânsito, é comum a prática de invadir o espaço destinado aos deficientes. “Já cheguei diversas vezes e a vaga exclusiva para o deficiente está ocupada com carros que não tem o selo”.
Sobre o assunto, o Detran afirmou que a fiscalização no pátio do próprio órgão, é de responsabilidade da Prefeitura. Já a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes,  informou  que está credenciando pessoas, para através de um selo, identificar quem tem direito a usar as vagas pra deficientes, e que está fazendo campanha de conscientização em empresas e intensificando a fiscalização, para evitar irregularidades. Quem for flagrado em vias públicas ou em repartição particular fazendo uso indevido desses espaços terão seus veículos autuados e removidos.

Nenhum comentário: