sábado, 27 de dezembro de 2014

Infraestrutura de terminais de ônibus recebem Selo Rio Acessível.

Estações de BRT também foram avaliadas e ganharam 27 selos, do eixo Santa Cruz à Barra da Tijuca.

O DIA

       
NoBRT, trecho entre Santa Cruz e Alvorada receberam 27 selos  Foto:  Maíra Coelho / Agência O Dia


Rio - A acessibilidade nos transportes públicos não ficaram para depois no setor rodoviário. Neste mês, estações de BRTs e Terminais Rodoviários receberam Selo Rio Acessível, da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência. O projeto avaliou 250 pontos da cidade, incluindo, atrações turísticas, além de locais de embarque e desembarque do transporte público. Antes da conclusão das reformas necessárias para o ideal acesso de cadeirantes, que devem ser feitas até o fim de 2014, os terminais Central do Brasil e de Campo Grande já foram considerados, previamente, adaptados e atingiram a categoria prata.

Já o BRT Transoeste conseguiu 27 selos, sendo 12 de ouro e 15 prata, pelas estações do eixo entre Alvorada, na Barra da Tijuca, e Santa Cruz. Os locais mapeados foram divididos em quatro níveis de classificação: diamante, ouro, prata e bronze. Todos os dados foram validados pelo Instituto Pereira Passos (IPP), que fez a escolha dos avaliados.


A classificação ainda tende a ser melhor na próxima edição. "Aumentar o nível de acessibilidade dos nossos terminais é um compromisso do Rio Ônibus. Toda a nossa frota já obedece as normas de acessibilidade e trabalhamos também para atender não só as pessoas com dificuldade de locomoção, mas também os deficientes auditivos e visuais”, afirmou Octacílio Monteiro, vice-presidente do Rio Ônibus.

Nenhum comentário: