quarta-feira, 14 de outubro de 2015

Secitece discute Programa de Educação a Distancia para pessoas com deficiência

                                    educacao-a-distancia-contribui

A Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior, a Universidade Estadual do Ceará a Citinova e a empresa Dell Brasil estão firmando parceira para a implantação do Programa de Educação a Distância para Pessoas com Deficiências e em Situação de Vulnerabilidade Social.
Através da metodologia de ensnino b-leaming (semipresencial), com certificado da UECE, serão ofertadas 300 bolsas de estudo em desenvolvimento de software, desenvolvimento profissional e empreendedorismo para pessoas com deficiências física, auditiva e baixa visão. Na última semana, o gerente da Dell para projetos de inovação, Eder Furtado, e o professor Plácido Castelo, presidente do Instituto de Estudos, Pesquisas e Projetos da UECE estiveram na Secitece, em audiência com o secretário Inácio Arruda.
Eder Furtado fez a apresentação do projeto mostrando que o Brasil conta hoje com 45 milhões de pessoas com deficiência – PCD – e que deste total 53,3% estão desempregadas. No Ceará são 2,3 milhões de PCD, com 58% sem trabalho. E dos que estão empregados, 69% ganham em torno do salário mínimo.
O Programa de Educação a Distância para pessoas com Deficiência trará benefícios para todos os agentes: aumento do índice de empregabilidade, gerando renda e desenvolvimento econômico, formação de alunos mais qualificados, socialmente incluídos, mais independentes, com melhores condições no mercado de trabalho e melhores salários. O programa terá uma duração de 18 meses, com seu lançamento previsto para janeiro de 2016.
O secretário Inácio Arruda reconheceu a importância e potencial do projeto. “Estamos oferece uma oportunidade para pessoas com deficiência. A plataforma à distância possibilita acesso em todo e qualquer lugar com internet, inclusive nas escolas. Temos todo interesse”, enfatizou o secretário, que recomendou a preparação de um protocolo de intenções para ser assinado entre as quatro entidades: Dell, Secitece, Citinova e UECE, e depois ser apresentado ao governador Camilo Santana. Foi sugerido também que o programa seja incluído dentro do projeto Ceará Pacífico.
Fontes : Assessoria de Inácio Arruda - vermelho.org.br - pessoascomdeficiencia.com.br

Nenhum comentário: