sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Treinador da Seleção Brasileira de bocha planeja objetivos da I Semana de Treinamento da modalidade

O treinador Darlan Ciesielski durante as primeiras atividades da bocha em 2016
Darlan Ciesielski durante a primeira fase de treinos do ano

O treinador principal da Seleção Brasileira de bocha, Darlan Ciesielski, tem planejado os objetivos da I Semana de Treinamento do ano, que se iniciou no sábado, 9, e vai até sexta-feira, 15, deste mês. Ele destaca as ações imediatas do início das atividades em 2016.
“Trata-se do último momento em que podemos avaliar novos atletas e consolidar o que vem sendo feito com os mais antigos. Buscamos traçar o perfil de cada um deles para poder realizar treinamentos cada vez mais específicos”, disse Darlan.
O técnico também propõe que a fase de preparação brasileira para a principal competição do esporte, os Jogos Paralímpicos, envolve a participação em vários eventos. “Antes dos Jogos, ainda temos o Mundial da China e o Aberto de Póvoa de Varzim, em Portugal. Mas temos um planejamento especial para o Rio-2016 e ele consiste em flexibilizar algumas preparações para evitar lesões e outras casualidades que fogem do nosso controle. Nem todos os atletas poderão chegar na melhor forma para o Mundial. Mas o plano é que todos eles cheguem em excelentes condições para os Jogos Paralímpicos”, explicou o treinador da Seleção.

Após excelente rendimento no Parapan de Toronto, no ano passado, a equipe brasileira de bocha desponta como um dos favoritos aos primeiros lugares do pódio nos Jogos Paralímpicos do Rio, em setembro. Lidar com a pressão e suposto favoritismo é tão importante quanto vencer os adversários que aparecerão no caminho para o ouro.
Com informações da Associação Nacional de Desporto para Deficientes (ANDE).

Nenhum comentário: