sábado, 23 de julho de 2016

POKÉMON GO VEM AJUDANDO PESSOAS COM ESPECTRO DO AUTISMO



Além de divertido, o jogo mais famoso do momento está ajudando na socialização de pessoas com espectro do autismo. Uma das maiores lutas dos familiares é conseguir tirá-los de casa para fazer exercício ou conviver com outras pessoas. Até que foi lançado o Pokémon Go.

landscape gaming pokemon go
Muitos pais estão animados com as mudanças nas atitudes de seus filhos. Agora, eles pedem para irem à biblioteca, parques, escolas e até praias para capturarem seus Pokémons com o celular. Confira alguns trechos de um emocionante relato:

"Nos últimos 6 anos temos ido à mesma casa de praia no verão. Todos os anos, meu filho Jack, de 10 anos, odiava sair de casa. Ele ficava ansioso quando fazíamos coisas novas ou íamos a lugares diferentes. Ele mal podia tolerar a praia e o calçadão. Este ano, minha filha de 17 anos mostrou para ele o jogo Pokémon Go e Jack mudou. A praia virou o lugar onde ele pode pegar Pokémon, então é para lá que ele quer ir. Nesse processo, ele também aprendeu a se divertir na praia, construindo castelos de areia com sua irmã. Essa foi a primeira vez que vi meu filho se jogar nas ondas e gritar de emoção."
"Jack e eu estávamos voltando para casa, quando um grupo de crianças pré-adolescentes em suas bicicletas pararam perto de nós, gritando enquanto tentavam pegar um Bulbasaur. Em vez de se virar e esperar que eles não o notassem, Jack pegou seu celular e também tentou capturar o Bulbasaur. As crianças partiram, mas Jack se sentiu incluído."
"Obrigada Pikachu!"

Fontes: Trechos retirados do relato de Grace Grinnell do site www.themighty.com - olhanosaqui.com.br

Nenhum comentário: