segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Mãe publica carta após filho com Down ser excluído de festa

                    Imagem-imgrum.net
                   Resultado de imagem para Mãe publica carta após filho com Down ser excluído de festa

RIO- "Ter síndrome de Down não significa que você não quer ter amigos. " A frase é parte de uma carta aberta publicada no Facebook por uma mãe após seu filho, que tem síndrome de Down, ser excluído da festa de aniversário de um colega de classe. No texto emocionado, Jennifer Kiss-Engele pede que os pais não descriminem outras crianças por conta de sua deficiência.

Na publicação, Jennifer revela que toda a turma, exceto seu filho, foi convidada para celebrar o aniversário de um aluno e questiona a postura dos pais da criança, a quem endereça a carta.

" É uma carta aberta ao pai que achou Ok convidar toda a classe para o aniversário de seu filho, exceto meu filho... Estou compartilhando isso, porque penso que é uma lição valiosa para todos e que estou tentando educar e defender mais", escreveu.

Durante a carta, a mãe afirma que o fato de seu filho não ser convidado não foi um descuido e sim uma decisão intencional da família.

"A única razão pela qual você decidiu que era Ok não convidar meu filho para a festa de aniversário do seu filho é o fato dele ter Síndrome de Down", afirmou Jennifer, que diz que em diversas ocasiões o filho já falou sobre o amigo que fez aniversário, o que demonstra que eles tinham uma boa convivência.

"Ter Síndrome de Down não significa que você não quer ter amigos", diz a mãe.

Jennifer conta que o fato fez com que ela percebesse que seu filho não havia sido convidado para grande parte das festas no último ano. Na carta, a mãe afirma que o pai está desinformado sobre a doença, pois, caso contrário, não teria excluído seu filho. Jennifer diz ainda que não está brava com os pais da criança, mas que considera esta uma ótima oportunidade para que conheçam seu filho melhor. Por fim, Jennifer diz que todos cometem erros, mas que sempre há oportunidade de melhorar.

Nenhum comentário: