terça-feira, 18 de outubro de 2016

Pessoas com Deficiência: O Mundo Real é Infinito, já o Virtual é Finito.

Texto de Carolina Câmara e Damião Marcos.

     O Mundo real é infinito, já o virtual é finito.

A internet é fascinante, super vasta, é possível encontrar de tudo e fazer várias coisas, inclusive se relacionar e tem gente que faz até sexo!! Beleza, nada contra, eu mesma faço diversas atividades lá, leio jornais, para mim é mais fácil, jornal impresso, eu odiava!

Compro muita coisa, pois posso pesquisar, não preciso de ninguém, faço no meu tempo.. trabalho na internet, fico horas e mais horas conectada. É, realmente, a internet me ajuda bastante e eu gosto muito, confesso, sempre quero uma coisa mais atual, celular, computador, maquina fotográfica e etc. faço um trabalho de autocontrole terrível, para não gastar mais do que posso com essas coisinhas viciantes!!!!!!!

No entanto eu não abro mão da minha vida, do mundo real, cheia de defeitos e claro, de qualidade, o mundo que eu amo viver. Olha, para não suar estranho, sem hipocrisia, eu sofro muito, não é fácil viver com a paralisia cerebral, tendo uma vida "comum", provando a cada segundo, que sou capaz.

Então realmente, ficar escondido atrás das telas, podendo ser quem você quiser, é sem duvida, mais simples, mais fácil, mais cômodo. Mas o mundo virtual não me satisfaz, não me dá o brilho no olhar, não me dá prazer!!! E você??? O mundo virtual te satisfaz????

O mundo virtual é gigantesco, porém não é infinito, é limitado, não tem como sentir na pele, vivenciar, ter o real prazer que o mundo real proporciona!!!

Como falei no post anterior, que é muito sem graça, viver através da tela, ser sempre um telespectador e nunca vivenciar, experimentar.

Mesmo com toda a sua deficiência, limitação, não fique preso no mundo virtual, pois ele não te merece 100% e você não merece ficar só com ele, ok??

Se você tem a sensação que no mundo virtual tudo é possível, inclusive esconder a deficiência, ser "livre". Contudo isso é uma ilusão, na verdade você fica mais do que nunca, preso, limitado a um aparelho, pois o que você acha que vivencia ali, nunca vai ser tornar realidade, do jeitinho que você imagina.

E olha, não é legal e nem possível viver eternamente na ilusão. Uma hora, a gente se cansa e acorda, ai é inevitável, vem à frustração claro! Percebeu que aquilo tudo que você criou, não é e não tem nada de real.
Então vai, vamos sair da nossa, famosa, zona de conforto, que eu já falei tanto aqui no blog. Virtual é cômodo, agora ir, buscar, vivenciar, é mais trabalhoso sim, mas é necessário, fundamental e gratificante!!!

Nenhum comentário: