sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Menina sem os dois braços aprende a andar de bicicleta: 'Queria ser como as outras crianças'

R.E. Pranke nasceu com uma doença congênita que impede a formação dos membros

SAÚDE Do R7


Foto: Reprodução/ Daily Mail
Uma
menina de cinco anos, que nasceu sem os dois braços, desafiou as probabilidades e
aprendeu a andar de bicicleta com a ajuda de um equipamento. As informações são
do jornal britânico Daily Mail

Uma menina de cinco anos, que nasceu sem os dois braços, desafiou as probabilidades e aprendeu a andar de bicicleta com a ajuda de um equipamento. As informações são do jornal britânico Daily Mail.


Foto: Reprodução/ Facebook
R.E.
Pranke nasceu sem os membros por causa de uma doença congênita chamada focomelia
bilateral, que impede a formação de braços e pernas

R.E. Pranke nasceu sem os membros por causa de uma doença congênita chamada focomelia bilateral, que impede a formação de braços e pernas.

Foto: Reprodução/ Facebook
Apesar
da doença, a menina não deixa de viver uma vida normal. Para isso os pais da garota
pediram para os médicos encontrarem uma maneira da R.E andar de bicicleta

Apesar da doença, a menina não deixa de viver uma vida normal. Para isso os pais da garota pediram para os médicos encontrarem uma maneira da R.E andar de bicicleta.

                        Foto: Reprodução/ Facebook
                           Mas
essa não é a primeira vez que RE conseguiu ser autossuficiente. Segundo a mãe,
Karlyn Pranke disse à KSTP News, a menina usa os pés para se alimentar, escovar
os dentes, e beber as coisas

Mas essa não é a primeira vez que RE conseguiu ser autossuficiente. Segundo a mãe, Karlyn Pranke disse à KSTP News, a menina usa os pés para se alimentar, escovar os dentes, e beber as coisas.

Foto: Reprodução/ Facebook
RE poderia usar próteses de braços se quisesse, mas sua
família não quer e a menina concorda com a decisão.  — Eu
queria ser como outras crianças

RE poderia usar próteses de braços se quisesse, mas sua família não quer e a menina concorda com a decisão.

Eu queria ser como outras crianças.

Foto: Reprodução/ Daily Mail
Por
causa disso, os especialistas criaram um dispositivo feito de tubos e aparelhos
de PVC, que é envolvido nas costas da menina e encaixada nas barras da bicicleta
rosa e roxa

Por causa disso, os especialistas criaram um dispositivo feito de tubos e aparelhos de PVC, que é envolvido nas costas da menina e encaixada nas barras da bicicleta rosa e roxa.

                         Foto: Reprodução/ Facebook
                             RE dirigi a bicicleta com os ombros e consegue se manter equilibrada.
Ela diz que sente que está voando.

A
menina também explica que sua parte favorita de andar de bicicleta é pedalar,
por causa da rapidez com que ela pode fazer as rodas girarem

RE dirigi a bicicleta com os ombros e consegue se manter equilibrada. Ela diz que sente que está voando. A menina também explica que sua parte favorita de andar de bicicleta é pedalar, por causa da rapidez com que ela pode fazer as rodas girarem.

                   Foto: Reprodução/ Facebook
                      Karlyn ressalta o sentimento de ver a filha fazendo coisas
que as pessoas acham improváveis. 
— Apenas
liberdade ... quero dizer, vocês deviam ouvir ela rindo quando consegue fazer
algo. Quero que as pessoas saibam que só porque ela nasceu sem braços, não quer
dizer que não possa fazer as mesmas coisas que todos os outros
Karlyn ressalta o sentimento de ver a filha fazendo coisas que as pessoas acham improváveis.

Apenas liberdade ... quero dizer, vocês deviam ouvir ela rindo quando consegue fazer algo. Quero que as pessoas saibam que só porque ela nasceu sem braços, não quer dizer que não possa fazer as mesmas coisas que todos os outros.







Nenhum comentário: