segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Atletas do Basquete Cearense vivenciam esporte de forma diferente

No Dia de Luta Nacional (e Municipal) das Pessoas com Deficiência, jogadores do Carcará participaram de jogo com equipe de basquete em cadeira de rodas

Por GloboEsporte.com, Fortaleza, CE

Francisco Régis, ao lado de joagdores do Basquete Cearense, em amistoso no Ginásio Paulo Sarasate (Foto: Danúsio Júnior/Divulgação)
Francisco Régis, ao lado de joagdores do Basquete Cearense, em amistoso no Ginásio Paulo Sarasate (Foto: Danúsio Júnior/Divulgação)

Francisco Régis da Silva Araújo joga basquete há nove anos e é fã do Basquete Cearense. O atleta, que está voltando aos poucos para o esporte após complicações de saúde, diz que dividir a quadra com os jogadores do Carcará foi um momento de aprendizado.

- Nós temos que nos superar sempre que jogamos e eles puderam perceber isso. Gostamos muito dessa troca. Alguns acharam difícil porque tem toda uma técnica no basquete em cadeira de rodas e é preciso paciência - disse Francisco Régis.

O ala Sualisson Tavares destaca a habilidade dos jogadores de basquete em cadeira de rodas.

- Eles são feras. Pude aprender um pouco sobre movimentação, marcação, passe e algumas regras. Espero ter a oportunidade de jogar novamente.
O amistoso foi nesta quinta-feira (21), no Ginásio Paulo Sarasate, com a equipe do Hospital Sarah Kubitscheck. Essa ação fez parte do evento que marcou o Dia de Luta Nacional (e Municipal) das Pessoas com Deficiência, da Prefeitura de Fortaleza.

Basquete Cearense; Sarah Kubitscheck; amistoso; Paulo Sarasate (Foto: Danúsio Júnior/Divulgação)
Basquete Cearense; Sarah Kubitscheck; amistoso; Paulo Sarasate (Foto: Danúsio Júnior/Divulgação)

Estreia no NBB 2017/2018

O Basquete Cearense vai ter que esperar até dezembro para reencontrar sua torcida em partidas pelo NBB. Isso porque após a divulgação da tabela dos jogos da temporada 2017/2018, o time já sabe que vai fazer os três primeiros jogos em São Paulo.

- Alguns técnicos estão lamentando, dizendo que a tabela está ruim, mas eu não vou lamentar nada. Vamos enfrentar esses três primeiros jogos em cinco dias, fazendo viagens porque é uma partida na Capital e duas no Interior paulista. Estamos nos preparando para isso. Segunda-feira, dia 6 de novembro, vamos enfrentar o Pinheiros, em São Paulo. Viajamos para, na quarta-feira, 8 de novembro, jogar contra o Mogi, em Mogi das Cruzes. E depois, na sexta-feira, 10 de novembro, o adversário será a Liga Sorocabana, em Sorocaba - explica o técnico Alberto Bial. O primeiro jogo diante da torcida será apenas em 1º de dezembro, contra o Botafogo.

Depois de conseguir a utilização do Centro de Formação Olímpica, o Basquete Cearense vai dividir as suas partidas, na Capital cearense, com o Ginásio Paulo Sarasate, onde já atuava.

- A LNB exige que os clubes tenham dois ginásios para mandar os jogos, e a evolução do time nos proporcionou ter esses dois locais agora. É mais uma novidade, assim como outras que ainda virão, como nosso sócio-torcedor. Nós queremos fazer basquete para o torcedor cearense, independente de local - destaca o técnico Alberto Bial.

Estreia do Basquete Cearense no NBB 2017/2018
06/11 - Pinheiros x Basquete Cearense
Local: Ginásio Poliesportivo Henrique Villaboim
Horário: 19h30

Nenhum comentário: