quinta-feira, 2 de novembro de 2017

Dona de casa precisa de doações após sair de Roraima em busca de tratamento para o filho em Goiânia - Veja o vídeo

Menino de 13 anos tem paralisia cerebral. Mãe precisa de ajuda para conseguir de fraldas e alimentos.

Por Vitor Santana, G1 GO

Resultado de imagem para Moradora de Roraima muda para Goiás em busca de tratamento para o filho e precisa de ajuda
Moradora de Roraima muda para Goiás em busca de tratamento para o filho e precisa de ajuda

A dona de casa Nilva da Silva deixou Roraima, onde morava, e se mudou para Goiânia em busca de tratamento para o filho, Daniel Silva, de 13 anos, que tem paralisia cerebral. Com isso, ela precisa de doações para conseguir cuidar do adolescente. Ela precisa tanto de fraldas quanto roupas e alimentos especiais para ele.

Click AQUI para ver o vídeo.

Nilva se mudou para a capital goiana em busca de um tratamento melhor de saúde. Ela conseguiu uma consulta no Centro de Reabilitação Doutor Henrique Santilo (Crer). “É a primeira consulta, eles vão falar o que vão fazer, o que eu posso fazer, o que vai precisar. E estou na fé, alegre, feliz”, disse.

Ela viajou quase 5 mil km. Para conseguiu uma qualidade de vida maior para Daniel, ela precisou deixar outros dois filhos sob os cuidados da avó em Boa Vista. Ela está em Goiânia há três semanas e já recebeu algumas ajudas. “A dona da casa cedeu por um mês, pagando só água e luz. O resto, eu me viro”, contou. Além disso, também já ganhou mesa, fogão e geladeira.

Porém, ela ainda precisa de mais demonstrações de solidariedade para manter essa geladeira abastecida. Além de alimentação para ela, ela precisa de alimentos líquidos e pastosos para o filho, que tem uma alimentação mais restrita.

Além disso, Nilva e Daniel precisam de ajuda par se locomover. Ele, de uma cadeira de rodas adaptada para a paralisia cerebral dele; ela, de colaboração para sair do Condomínio das Esmeraldas, onde mora, até o Negrão de Lima, onde fica o Crer, que fica a 25 km de distância.

“O Daniel, eu olho para ele, e vejo que ele te algumas possibilidades. De sentar, tenho fé que ele vai poder andar, mesmo com andador, com dificuldade, eu creio que ele vai poder andar. Pelo menos ele vai se tornar independente, que é isso que eu preciso”, completou.

Dona de casa precisa de doações após se mudar de Roraima para Goiânia para tratamento do filho (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)
Dona de casa precisa de doações após se mudar de Roraima para Goiânia para tratamento do filho (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Fonte: g1.globo.com

Nenhum comentário: