quinta-feira, 16 de agosto de 2018

Schumacher será levado para Maiorca, na Espanha, diz revista

A informação foi confirmada pela prefeita da cidade de Andraxt, onde a mulher do piloto comprou uma mansão que foi do presidente do Real Madrid

Ryan Pierse/Getty Images
Michael Schumacher quando era piloto de Fórmula 1 da Ferrari
Michael Schumacher quando era piloto de Fórmula 1 da Ferrari

por EFE AUTOMOBILISMO

O alemão Michael Schumacher, heptacampeão mundial de Fórmula 1, será levado para a ilha de Maiorca, na Espanha, onde passará a viver com a família, segundo revela a edição desta quarta-feira da revista suíça "L'Illustré".

A fonte da notícia é Katia Rouarch, prefeita de Andratx, pequena cidade localizada no arquipélago das Ilhas Baleares, onde a mulher do ex-piloto, Corina, comprou uma mansão que pertencia ao presidente do Real Madrid, Florentino Pérez.

"Posso confirmar oficialmente que, Michael Schumacher se instalará em nosso município e que todos aqui estão se preparando para recebê-lo", disse a líder municipal à revista suíça.

A prefeita, no entanto, garantiu não saber quando acontecerá a mudança e que, como cidadão com passaporte da União Europeia, o ex-piloto está livre da obrigação de tramitar permissão de residência.

Os serviços de segurança da região também foram informados da mudança do heptacampeão da Fórmula 1.

A família Schumacher vive desde 2002 na cidade de Gland, localizada no cantão de Vaud, na Suíça. Segundo a "L'Illustré", o prefeito local, Gérald Cretegny, garantiu não estar sabendo que os ilustres moradores irão embora.

A publicação veiculou na edição de hoje diversas fotos da mansão em Maiorca. Trata-se de um imóvel comprado por 30 milhões de euros (R$ 132,1 milhões), que tem uma residência principal de 3 mil metros quadrados, no centro de um terreno de 15 mil metros quadrados. No entorno da casa estão um grande jardim e duas piscinas.

A revista lembra que Michael passava boa parte das férias na ilha, e que o irmão dele e também ex-piloto, Ralf Schumacher, fica na região por grande parte do ano.

O heptacampeão mundial da F-1 sofreu grave acidente enquanto esquiava, em dezembro de 2013, que o deixou em estado grave. A família do alemão e sua porta-voz, Sabine Kehm, decidiram por não revelar detalhes do estado de saúde.

Atualmente, ninguém além dos parentes e de poucos amigos próximos, sabem a real situação de Schumacher.

Nenhum comentário: