quinta-feira, 22 de novembro de 2018

Aluno do Centro de Formação fatura dois ouros nas Paralimpíadas Escolares 2018

Daniel Zappe/MPIX/CPB
Imagem

Por CPB

Nesta quarta-feira, 21, primeiro dia de competição das Paralimpíadas Escolares 2018, um dos alunos do Centro de Formação Esportiva – Esportes Paralímpicos faturou suas primeiras medalhas de ouro. Gabriel Gomes, 13 anos, foi o campeão, pela classe F12, na prova de lançamento de pelota, e também dos 60m T12. Ao todo, sete alunos do Centro de Formação participam das Escolares pela delegação de Estado de São Paulo, que é a com maior número de inscritos, 118. O evento se encerra nesta sexta-feira, 23.

Gabriel atingiu a marca de 14m47 no lançamento de pelota. Esta prova é uma variação para as crianças do lançamento de dardo, em que o objetivo é jogar a bola, de 250g, o mais longe possível. Em seguida, ele venceu também os 60m rasos T12, com o tempo de 8s68.

“Fiquei muito feliz por ganhar estas medalhas. Foi um avanço na minha carreira de atleta. Espero repetir o feito de hoje nos próximos dias de competição”, disse Gabriel, morador de Osasco, que tem deficiência visual devido a uma retinoblastoma bilateral.

Outro destaque do Centro de Formação nas Escolares foi jogador de goalball Braian Araújo, 15 anos, que marcou cinco gols para São Paulo, na partida em que venceu o time de Santa Catarina por 13 a 3. No outro jogo, ele balançou a rede ao marcar um gol para a equipe paulista, que perdeu por 4 a 3 para a Bahia.

A nadadora do Centro de Formação, Júlia Rodrigues, 15 anos, ficou com a quarta posição nos 100m costas S14. O jogador de futebol de 5 Marco Antônio, 14 anos, perdeu a visão devido à Catarata Congênita. Ele também frequenta o Centro de Formação e integrou a seleção paulista que ganhou, por 6 a 0, o time de Minas Gerais.

Outros três alunos do projeto de iniciação esportiva do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) participam da delegação paulista: Renizia Romaniello e Natalia Carvalho, do vôlei sentado, e Emerson Cruz, da bocha.

O Centro de Formação Esportiva – Esportes Paralímpicos

Este projeto do CPB teve início em abril de 2018 e tem como objetivo promover a iniciação de crianças com deficiência física, visual ou intelectual na faixa etária de 10 a 17 anos em oito modalidades paralímpicas: atletismo, bocha, futebol de 5, goalball, judô, natação, tênis de mesa e vôlei sentado. As atividades são realizadas no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo.

As Paralimpíadas Escolares

As Paralimpíadas Escolares são uma das primeiras oportunidades para jovens atletas com deficiência, de 12 a 17 anos, disputarem uma competição de nível nacional. Em 2018, está sendo realizada a 12ª edição do evento e estão inscritos 989 atletas de 23 Estados e do Distrito Federal. As disputas são em 11 modalidades: atletismo, basquete em cadeira de rodas, bocha, futebol de 5, futebol de 7, goalball, judô, natação, tênis de mesa, tênis em cadeira de rodas e vôlei sentado.

Na última edição das Escolares, mais de 900 estudantes de todos os estados brasileiros e do Distrito Federal participaram da competição.
Na ocasião, o anfitrião São Paulo conquistou o hexacampeonato, tornando-se o primeiro estado a vencer três vezes seguidas (2015, 2016 e 2017).

Fonte: cpb.org.br

Nenhum comentário: