sábado, 24 de novembro de 2018

Judocas treinam com campeã mundial nas Paralimpíadas Escolares 2018

Alírio de Castro/CPB/MPIX
Imagem

Por CPB

Para os judocas participantes das Paralimpíadas Escolares 2018, esta sexta-feira, 23, foi especial. Cerca de 30 jovens puderam treinar com a campeã mundial, Alana Maldonado, no CT Paralímpico, em São Paulo. O terceiro e último dia de disputas da 12ª edição do maior evento esportivo do mundo para atletas em idade escolar reserva as finais das modalidades coletivas para a tarde desta sexta.

Os confrontos do judô se encerram nesta quinta-feira, 22, e nesta sexta os atletas puderam aproveitar a manhã para treinar com atletas da Seleção Brasileira da modalidade. Thiego Silva e Rebeca Silva também estiveram presentes. Os lutadores retornaram nesta semana de Lisboa, em Portugal, onde disputaram o Mundial da modalidade.

Alana, vencedora da categoria até 70kg, trouxe sua medalha e os jovens atletas puderam senti-la. “Foi muito legal ver os atletas tocando a medalha, colocando no peito. É muito bom poder estar com esses jovens atletas e inspirá-los, mostrar que é possível chegar a Mundial”, disse Alana, que também faturou a prata nos Jogos Paralímpicos do Rio 2016.

“Foi bem diferente porque não era meu sensei dando o treino, é uma experiência muito boa. Quando fui treinar com a Alana eu fiquei um pouquinho nervosa, porque ela é campeã mundial. Achei que ela ia me dar uma surra. Ela me ajudou, foi mais uma orientação do que uma luta. Queria sentir o golpe dela, pra ver o que as meninas no Mundial sentiram, mas foi muito legal”, disse Lauren de Melo, 14, do Rio Grande do Sul, que faturou o ouro na categoria até 48kg.

Nesta sexta-feira, 23, o campeão-geral das Paralimpíadas Escolares 2018 será conhecido na cerimônia de encerramento às 20h, no Pavilhão Oeste de Exposições do Anhembi. Os estados são coroados de acordo com a pontuação obtida pela classificação geral por esporte. Até aqui, São Paulo é a unidade da federação com o maior número de medalhas (79, sendo 51 de ouro). Mato Grosso do Sul (62, sendo 45 de ouro) e Rondônia (62, sendo 40 de ouro).

As Paralimpíadas Escolares contam com o apoio da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência e da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida de São Paulo.

Time São Paulo
A atleta Alana Maldonado é integrante do Time São Paulo, parceria entre o CPB e a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo que beneficia 62 atletas e seis atletas-guia de dez modalidades.

Fonte: cpb.org.br

Nenhum comentário: