sexta-feira, 23 de novembro de 2018

Medalhista parapan-americano é voluntário nas Paralimpíadas Escolares 2018

Washington Alves/MPIX/CPB
Imagem

Por CPB

Dos 110 voluntários selecionados para trabalhar nas Paralimpíadas Escolares 2018, sete têm deficiência. Um deles é Pedro Neves, que faturou a medalha de ouro no salto em distância F38, nos Jogos Parapan-Americano de Toronto 2015. A 12ª edição das Paralimpíadas Escolares se encerra nesta sexta-feira, 23. O maior evento esportivo do mundo para jovens em idade escolar acontece no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo.

“Sempre tive curiosidade de conhecer as Paralimpíadas Escolares por dentro. Gostaria de ter vindo com a delegação do Rio, mas como eles não vieram, me inscrevi como voluntário. É emocionante ver cada atleta dando o seu melhor na piscina, na pista e nas quadras. Procuro me doar ao máximo para dar o suporte que eles precisarem”, relatou o voluntário, que é natural de Niterói, Rio de Janeiro.

Pedro, 40 anos, tem paralisia cerebral devido à falta de oxigenação no parto, o que comprometeu os movimentos do braço direito. Aos 25 anos, ingressou no paradesporto por meio do futebol de 7. Migrou para a natação, mas se encontrou no atletismo, em 2007.

A princípio, Pedro disputava os 400m, até que, em 2011, mudou para o salto em distância. Quis desistir do esporte devido à frustração de não ter sido convocado para os Jogos Paralímpicos de Londres 2012. Mas continuou praticando a modalidade para ter qualidade de vida. Em 2015, foi surpreendido ao ser convocado para a Seleção Brasileira de atletismo, que foi para o Canadá.

Ativo no esporte, em julho, o atleta faturou três medalhas nos Jogos Paralímpicos Universitários 2018: prata no arremesso de peso, e ouro no lançamento de disco e no salto em distância. Agora, Pedro Neves almeja ir para os Jogos Parapan-Americanos Lima 2019 brigar por uma medalha em sua prova atual: lançamento de dardo.

As Paralimpíadas Escolares são uma das primeiras oportunidades para jovens atletas com deficiência, de 12 a 17 anos, disputarem uma competição de nível nacional. Em 2018, está sendo realizada a 12ª edição do evento e estão inscritos 989 atletas de 23 Estados e do Distrito Federal. As disputas são em 11 modalidades: atletismo, basquete em cadeira de rodas, bocha, futebol de 5, futebol de 7, goalball, judô, natação, tênis de mesa, tênis em cadeira de rodas e vôlei sentado.

O estado campeão das Paralimpíadas Escolares 2018 será conhecido na cerimônia de encerramento, nesta sexta-feira, 23, às 20h, no Pavilhão Oeste de Exposições do Anhembi.

Fonte: cpb.org.br

Nenhum comentário: