quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

No Sul, Papai Noel dá de presente a crianças com câncer alegria e coragem - Veja o vídeo.

Voluntário do Instituto do Câncer Infantil, que perdeu uma perna por causa da doença, se veste de Papai Noel para levar paz e alegria.

Por Jornal Nacional

Resultado de imagem para Papai Noel visita crianças e jovens que se tratam contra o câncer, em Porto Alegre.
Papai Noel visita crianças e jovens que se tratam contra o câncer, em Porto Alegre.

Papai Noel surpreendeu crianças e adolescentes nesta quarta-feira (12) em Porto Alegre. É como se a alegria chegasse com hora marcada. Quem recebe atendimento no Instituto do Câncer Infantil espera o ano inteiro pela festa de Natal para deixar de ser paciente por algumas horas.

Clique AQUI para ver o vídeo.

Do outro lado da cidade, no aeroporto, um antigo paciente do instituto também se prepara para a festa. Germano Hofler teve câncer nos ossos aos 17 anos. Por causa da doença, ele usa uma perna mecânica.

“O próprio médico que me deu a notícia da amputação falou que eu poderia voltar a andar normalmente, que tudo voltaria ao normal, que eu teria uma vida normal. Achei um pouco estranho no começo, mas depois eu vi que ele tinha toda razão”, conta Germano, que é funcionário público e voluntário do Instituto do Câncer Infantil.

Isso foi há mais de 20 anos. Hoje, Germano está curado, mas a doença mudou a vida dele de muitas maneiras. E uma delas é essa: todo ano, quando chega o Natal, ele tem um encontro marcado com o Papai Noel.

É ele quem veste a tradicional roupa vermelha, mas viaja numa versão moderna do trenó. Em poucos minutos ele atravessa a capital gaúcha.

No Instituto do Câncer, as crianças estão impacientes, até que o convidado de honra chega para entregar um presente precioso: “Paz e alegria”, diz o pequeno Artur Vergara, de 6 anos.

Para os mais velhos, a identidade do bom velhinho não é segredo. Germano costuma contar para pacientes como a menina Taís a própria história, de como enfrentou e venceu o câncer. “Ele tem uma moto, ele consegue andar de moto, de carro, tem filhos. Foi por isso que eu fiquei bem feliz”, disse Taís da Costa Silva, de 9 anos.

Para além da barba postiça, ele quer ser um símbolo da esperança que existe de verdade. “Que sempre acreditem que o amanhã vai ser melhor, que o ano que vem vai ser melhor, a mensagem é que nunca desistam”, afirma o Papai Noel Germano Hofler.

Fonte: g1.globo.com

Nenhum comentário: